Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Ford Maverick: anti-Toro mesmo ou uma picape para ricos?

Análise: cresce a expectativa para o posicionamento de mercado que a Ford dará à sua inédita picape Maverick no começo de 2022

4 dez 2021 16h31
Compartilhar
Ford Maverick Lariat FX4
Foto: Ford / Divulgação

A Ford Maverick já tem algumas unidades no Brasil e isso fez aumentar os rumores sobre seu posicionamento de mercado. Afinal, ela vai ser uma anti-Toro mesmo, capaz de combater a picape da Fiat, ou será apenas mais um veículo para ricos? A dúvida surgiu porque, na pré-apresentação da Maverick, a Ford mostrou uma versão básica e duas mais equipadas.

Ford Maverick Lariat FX4
Foto: Ford / Divulgação

A princípio, a Ford Maverick terá o mesmo posicionamento adotado para o SUV Bronco Sport. Lançado com preço acima da versão mais cara do Jeep Compass, o Ford Bronco Sport decepcionou aqueles que esperavam um carro capaz de incomodar em vendas o líder da categoria C-SUV (utilitário esportivo médio). Por que seria diferente com a Maverick?

Publicidade

Bem, no caso da picape, a Ford Maverick é mais do que um veículo aspiracional. Ela é também útil para carregar coisas - uma picape que pode atender não apenas ao lazer do fim de semana, mas também à necessidade de transportar cargas relativamente pesadas durante o dia a dia. Isso amplia consideravelmente o campo de atuação da Maverick.

Ford Maverick
Foto: Ford / Divulgação

A Ford já definiu que a Maverick vai estrear no primeiro trimestre de 2022 somente com uma versão, a Lariat FX4. Isso significa que ela terá uma proposta mais off-road (a tração será AWD e os pneus serão Pirelli Scorpion de uso misto). Já em janeiro é possível que a Ford libere a Maverick para as primeiras impressões ao dirigir. Por enquanto, só tivemos acesso à picape estática.

Ford Maverick Lariat FX4
Foto: Ford / Divulgação

Apesar de a Maverick Lariat FX4 vir equipada com multimídia de 8”, conectividade Android e Apple, Ford Pass e uma série de equipamentos de conforto e segurança, ela terá também uma lista de acessórios originais que pode transformá-la, sim, numa picape aspiracional. Nesse caso, embora não tenha sequer o porte da Ranger - sua irmã maior -, a Ford Maverick pode atacar não a Fiat Toro, mas outra picape da Stellantis, a futura Ram com carroceria monobloco (talvez com o nome 1200).

Afinal, a Ram 1500 Rebel fascina um público muito exclusivo, mas abre as portas para o desejo de quem não tem tanto dinheiro. A Ranger Storm 4x4, por exemplo, cumpre parte desse desejo, mas não é exclusiva como será a Maverick FX4.

Publicidade
Ford Maverick Lariat FX4
Foto: Ford / Divulgação

Por outro lado, se quiser competir em vendas com a Fiat Toro, a Ford Maverick terá que ter um preço similar ao da líder em sua versão Ranch (R$ 201.890). Será uma grande surpresa se nesta primeira fase a Ford posicionar a Maverick com o preço similar ao da Fiat Toro Volcano (R$ 193.790 com motor 2.0 turbo diesel ou R$ 150.290 com motor 1.3 turbo flex). De qualquer forma, com um motor 2.0 turbo a gasolina com potência entre 240 e 250 cv (ainda não divulgado), a Maverick vai dar um banho de motor tanto na Toro diesel (170 cv) quanto na Toro flex (185 cv).

Ford Maverick, a picape anti-Toro, já está no Brasil
Video Player

Quem viu a Maverick de perto - e nós vimos - sabe que ela tem potencial para liderar sua categoria no mercado brasileiro. Embora não tenha um acabamento luxuoso ou sofisticado, a picape Ford Maverick tem estilo, conteúdo e mecânica capazes de fazer dela, sim, uma anti-Toro. Também adepta da carroceria monobloco e da suspensão traseira independente, a Maverick pode entregar a mesma dirigibilidade da Toro com um desempenho superior.

Resta saber, entretanto, quais são as pretensões da Ford neste momento. Isso vai passar pelo volume de picapes que serão importadas do México e pelo seu posicionamento de preço. Se quiser recuperar todo o prejuízo do ano passado numa tacada só, a Ford vai ter uma venda bastante limitada da Maverick, mas se a Ford quiser investir num segmento que é ouro puro, a Maverick pode se tornar a nova queridinha dos picapeiros.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações