Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

'Stranger Things 4': Veja curiosidades dos bastidores e 'easter eggs' para ficar atento na temporada

Com exclusividade ao 'Estadão', Netflix revelou algumas 'surpresinhas' da 4ª temporada de uma das séries mais aguardadas do ano

24 mai 2022 06h10
Compartilhar

O momento está chegando. A primeira parte da quarta temporada de Stranger Things estreia nesta sexta-feira, 27, e promete entregar o início da fase "mais sombria de todas" na série.

Dando continuidade ao amadurecimento dos personagens, que teve início na terceira temporada, o lançamento chega recheado de pessoas novas e desafios ainda maiores.

Publicidade

Agora, os protagonistas estão "divididos" entre a Califórnia, a cidade de Hawkins e a Rússia e enfrentarão Vecna, um demônio aterrorizante que se alimenta de medos e más lembranças.

Como é de costume, os irmãos Duffer, criadores da produção, rechearam a nova temporada de easter eggs, surpresas escondidas que apenas os fãs mais atentos entenderão.

Com exclusividade ao Estadão, a Netflix compartilhou algumas delas, além de curiosidades que aconteceram nos bastidores de uma das séries mais aguardadas do ano.

Confira:

Publicidade

Ao som de E.T.

Para a nova temporada, os irmãos Duffer continuaram se inspirando e fazendo referências a filmes clássicos da década de 1980.

O novo ambiente da Califórnia, onde estão Eleven, Will, Jonathan, Joyce e, mais tarde, Mike, foi baseado no icônico E.T. - O Extraterrestre, de 1982.

Porém, o longa inspirou os irmãos desde o início: enquanto escreviam o episódio piloto da série, os Duffer ouviram a trilha sonora do filme, assinada pelo compositor John Williams.

Que isso? Game of Thrones?

Agora com uma trama que se passa em vários lugares, os criadores brincam e chamam a nova temporada de Game of Thrones.

Publicidade

Além disso, os fãs que também assistiram à série baseada nos livros de George R. R. Martin se lembrarão do ator Tom Wlaschiha, que deu vida ao personagem Jaqen H'ghar e agora interpreta o guarda russo Dmitri.

Atenção aos broches de Robin

Robin e Steve não trabalham mais na sorveteria Scoops Ahoy e conseguiram um emprego na Family Video, uma locadora de filmes.

Como uniforme, a personagem interpretada por Maya Hawke usa um colete repleto de easter eggs. Um deles faz referência ao sobrenome da artista e traz um falcão, já que "hawk", em inglês, é o nome do animal.

Outro traz a sigla "Ms." em referência a uma das maiores ativistas feministas de todos os tempos, Gloria Steinem, que lutou pela visibilidade dos direitos das mulheres lésbicas. Ms. é o nome da revista co-criada e editada por Gloria.

Publicidade

Homenagem ao ídolo

Lucas Sinclair agora faz parte do time de basquete do Colégio Hawkings. O ator que dá vida ao personagem, Caleb McLaughlin, é muito fã do jogador Kobe Bryant, que morreu em 2020.

Para homenagear o ídolo, McLaughlin teve a ideia de usar uma camisa com o número 8, o mesmo do primeiro uniforme usado por Bryant.

Sinal de sabedoria

Um dos novos personagens que promete dar um toque a mais de humor para a série, Argyle, também chegou com algumas "surpresas" escondidas no figurino.

Interpretado por Eduardo Franco, o jovem usa um colar com uma coruja branca em alusão à natureza sábia do animal e de Argyle. Ele vive na Califórnia e é o melhor amigo de Jonathan.

Publicidade

A volta do Restaurante do Benny?

Na nova temporada, a equipe responsável pela direção de arte aproveitou a locação do Restaurante do Benny, que fazia parte da primeira temporada, para dar lugar ao cenário das festas dos atletas do Colégio Hawkings.

O interior do antigo restaurante foi recriado com luzes de Natal e algumas pichações, sinal de que os adolescentes deram um "toque pessoal" ao espaço, também foram acrescentadas.

Da auto-escola a Stranger Things

O personagem Argyle possui uma van de uma pizzaria da Califórnia e sempre dá carona para Jonathan, Will e Eleven.

Para interpretar o personagem, o ator Eduardo Franco aprendeu a dirigir carros com câmbio manual.

Publicidade

Clube Hellfire nos mínimos detalhes

Mike, Dustin e Lucas agora fazem parte de um clube do jogo Dungeons & Dragons, o Clube Hellfire.

Para as cenas do clube, a equipe de contrarregras não poupou os mínimos detalhes e criou uma campanha completa de RPG, com direito a mapas, fichas com gráficos, dados específicos e cadernos personalizados com anotações e detalhes dos personagens.

Além disso, a equipe também criou uma torre de dados para o personagem Eddie, líder do grupo interpretado por Joseph Quinn.

Baseado em uma história real

O novo clube de Dungeons & Dragons e, mais especificamente, a história de Eddie Munson foram inspirados na série documental O Paraíso Perdido: Assassinatos de Crianças em Robin Hood Hill, de 1996.

Publicidade

O documentário conta a história dos assassinatos de três meninos e de três suspeitos que, apesar de possuírem álibis, são acusados de praticar satanismo.

A trama que envolve Eddie veio da história do escritor Damien Echols, um dos três acusados e integrante do chamado Trio de West Memphis, retratado em O Paraíso Perdido.

Nas cores do Mundo Invertido

Além de ser o líder do Clube Hellfire, o personagem Eddie também tem uma banda.

Ele é dono de uma B.C. Rich Warlock, uma guitarra originalmente preta, mas que ganhou tons de vermelho pela equipe de contrarregras para ficar próxima das cores do Mundo Invertido.

Publicidade

Trabalho da escola com a ajuda da "mãe"

Como já se sabe, Eleven, que agora também é conhecida como Jane Hopper, se mudou para a California sob a guarda de Joyce Byers.

Para um dos trabalhos da escola, ela precisa fazer uma maquete e utiliza uma caixa de tênis da marca Reebok.

Joyce sempre usa sapatos da marca e, por isso, a equipe de contrarregras imaginou que a personagem pegaria uma caixa velha da "mãe" para fazer o projeto.

*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Ativar notificações