Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Laverne Cox inspira primeira Barbie transexual

Atriz é a primeira mulher trans a virar uma boneca da famosa marca

25 mai 2022 19h06
| atualizado em 26/5/2022 às 08h40
Compartilhar
"O que mais me deixa animada sobre a boneca ser lançada é que crianças e jovens trans poderão vê-la, comprá-la e brincar com ela"
"O que mais me deixa animada sobre a boneca ser lançada é que crianças e jovens trans poderão vê-la, comprá-la e brincar com ela"
Foto: Divulgação/Mattel / Pipoca Moderna

A fábrica de brinquedos Mattel anunciou nesta quarta (25/5) que vai lançar a primeira boneca Barbie transexual, inspirada pela atriz Laverne Cox, conhecida pelas séries "Orange Is the New Black" e "Inventando Anna".

Cox se torna, assim, a primeira mulher trans a virar uma boneca da famosa marca.

Publicidade

O lançamento vai coincidir com os 50 anos da atriz, data celebrada em 29 de maio. E é uma vitória pessoal, já que ela foi proibida pela mãe de brincar com bonecas na infância.

"Quando eu tinha 30 e poucos anos, meu terapeuta me lembrou que nunca é tarde demais para se ter uma infância, e que eu deveria sair e comprar Barbies e brincar com elas como uma forma de curar minha criança interior. E foi o que fiz", ela contou para a revista People.

Animada, Cox comemorou o significado do lançamento.

Publicidade

"O que mais me deixa animada sobre a boneca ser lançada é que crianças e jovens trans poderão vê-la, comprá-la e brincar com ela, e saber que há uma Barbie feita pela Mattel, pela primeira vez, semelhante a uma pessoa trans", disse a atriz.

Em um comunicado, Lisa McKnight, vice-presidente executiva e chefe global de Barbie e bonecas da Mattel, disse que a empresa também "não poderia estar mais animada" para fazer parceria com Laverne.

"Estamos orgulhosos de destacar a importância da inclusão e aceitação em todas as idades e de reconhecer o impacto significativo de Laverne na cultura com uma Barbie Tribute Collection", declarou.

Publicidade

Ao longo de sua carreira, Laverne também se tornou a primeira atriz trans a receber uma indicação ao Emmy em uma categoria de atuação. Ela também foi a primeira mulher transsexual a ser capa da revista "Time" e a primeira receber uma estátua de cera no museu Madame Tussauds.

Pipoca Moderna
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações