Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Bolsonarista, Dedé Santana diz que sofreu após posicionamento político

Humorista detalhou que alguns colegas pararam de falar com ele por esse motivo

21 jun 2022 - 10h49
Compartilhar
Dedé Santana
Dedé Santana
Foto: Instagram

O ator e humorista Dedé Santana revelou que sofreu após externar o seu posicionamento político. Hoje bolsonarista, Dedé teve consequências até no meio artístico.

Em entrevista para a Veja, o humorista contou que alguns colegas de trabalho deixaram de falar com ele desde que começou a apoiar Jair Bolsonaro. Dedé, no entanto, não citou nomes.

Publicidade

“Muita gente parou de falar comigo desde que o defendi, gente que prefiro nem citar nomes. Eu conheci um cara com nome de Capitão, morava perto do condomínio dele no Rio, e sempre o tratei assim, de Capitão. Até que aconteceu aquela facada durante a eleição e percebi que ‘capitão’ era candidato à Presidência. Fui lá prestar solidariedade”, afirmou.

“Eu nem sabia que era político. Falei [para ele]: ‘Quero que seja meu presidente!’. E não me arrependo disso”.

À publicação, o ator ainda criticou o politicamente correto no humor, e como isso afeta seu trabalho: “Está complicado por causa do politicamente correto, não se pode falar mais nada, que vira um problema”.

Dedé usou de exemplo o trabalho de 'Os Trapalhões', que o deixou famoso, de décadas atrás.

Publicidade
'Os Trapalhões'
Foto: Divulgação / Estadão

"Em 'Os Trapalhões' dos anos 80 e 90, não tinha maldade. Eu entrava em cena e falava pro Mussum: ‘Ô negão!’. Ele respondia: ‘Negão é seu passadis!’. E todo mundo ria. Me chamavam de ‘rapaz alegre’ e eu não via maldade. Hoje em dia é tudo complicado”, acrescentou.  

Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Ativar notificações