Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Betty Lynn (1926-2021)

17 out 2021 16h59
Compartilhar
Foto: Divulgação/CBS / Pipoca Moderna

A atriz Betty Lynn, que estrelou a série clássica "The Andy Griffith Show", morreu no sábado (17/10) num retiro de idosos da Carolina do Norte, após uma curta doença, aos 95 anos.

Matriculada no Conservatório de Música de Kansas City aos 5 anos pela mãe, que era cantora de ópera, Betty Lynn começou a cantar no rádio e em clubes noturnos ainda adolescente. Aos 18 anos, ela integrou o time de artistas contratado para animar as tropas americanas no exterior, durante a 2ª Guerra Mundial.

Publicidade

Ao voltar de apresentações na Ásia, estreou na Broadway, onde chamou atenção de um caçador de talentos da Fox, assinando um contrato de três anos com o estúdio.

Seu primeiro papel foi como coadjuvante em "Ama-Seca por Acaso", emendado por participações em "Apartamento para Dois" e "Noiva da Primavera", comédias lançadas com grande sucesso em 1948.

Ela fez várias comédias da Fox até o fim do contrato em 1951, incluindo o clássico "Papai Batuta" (1950). Mas depois de completar seu acordo, preferiu voltar a Nova York para retomar a carreira teatral. Sem conseguir encaixe na temporada de espetáculos, ela buscou trabalhos em séries de TV ao vivo, que eram realizadas na cidade, o que acabou atrapalhando sua carreira no cinema.

Publicidade

"Os estúdios odiavam a televisão", observou ela numa entrevista antiga. "Quando me perguntaram o que eu estava fazendo, eu dizia: 'Tenho feito televisão ao vivo, é absolutamente maravilhoso, é como fazer uma peça!' E eles congelavam. Eu não entendia porque eles viam isso como dificuldade, mas acabei fazendo papel de idiota."

Os únicos papéis que lhe davam era de figurante, e ela precisou praticamente recomeçar a carreira, enquanto pagava as contas com cada vez mais participações televisivas, até ser escalada num papel recorrente na série "The Andy Griffith Show".

A atriz se juntou à sitcom perto do final da 1ª temporada em 1961 e apareceu em 26 episódios como Thelma Lou, a namorada certinha de Barney Fife, personagem marcante de Don Knotts. Quando o ator saiu de "The Andy Griffith Show" em 1965 para se concentrar em sua carreira no cinema, Lynn viu seu papel ser eliminado. Os produtores decidiram dar um final a sua trajetória após o hiato de um ano, num episódio em que Barney reapareceu na série buscando retomar o namoro com Thelma Lou, apenas para descobrir que ela tinha casado.

Publicidade

Só que este desencontro não foi o final da história. Em 1986, a rede NBC produziu uma reunião especial com o elenco de "The Andy Griffith Show". Intitulado "Return to Mayberry", o telefilme usou como justificativa para o reencontro dos personagens clássicos justamente o casamento de Thelma Lou (agora divorciada) e Barney.

No mesmo ano, Betty Lynn voltou a trabalhar com o astro original da série, o próprio Andy Griffith, interpretando sua secretária em um punhado de episódios da 1ª temporada de "Matlock".

Ela também apareceu em "Mod Squad", "Os Pioneiros", "Os Novos Centuriões" e "Barnaby Jones", antes de desistir da carreira televisiva, mudando-se para o interior da Carolina do Norte após sua casa em Los Angeles ser assaltada duas vezes.

Publicidade

Lynn se mudou para Mount Airy, terra natal de Andy Griffith, e era uma personalidade adorada na cidade, participando ativamente de homenagens no Andy Griffith Museum.

Pipoca Moderna
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Ativar notificações