Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Antes desprezados, Pattinson e Stewart calam os críticos

Protagonista do novo ‘Batman’ e estrela de drama biográfico sobre Diana incineram subestimação imposta a eles na época de ‘Crepúsculo’

20 out 2021 09h12
Compartilhar

A divulgação de novo trailer de ‘The Batman’ aumentou ainda mais a expectativa de fãs e da imprensa a respeito da estreia de Robert Pattinson no papel-título. O inglês, de 35 anos, tem sido bem avaliado pelo pouco que se viu até aqui do longa com lançamento mundial previsto para 4 de março.

Pattinson como Edward e Bruce/Batman e Kristen na pele de Diana e Bella
Foto: Divulgações

Uma década atrás seria impensável aceitá-lo no papel de um dos personagens mais importantes da história das HQs e do cinema. Ele era alvo de deboche e desprezo por sua atuação na saga juvenil ‘Crepúsculo’, baseada nos livros de Stephenie Meyer.

Publicidade

Apesar de os 5 filmes terem o transformado em ídolo de uma geração, o nome de Robert Pattinson se tornou sinônimo de canastrice e inexpressividade. Mas o jogo logo começou a virar.

Sua performance em produções como ‘Água para Elefante’, ‘Mapa para as Estrelas’, ‘A Infância de um Líder’, ‘A Caçada’, ‘Bom Comportamento’ e ‘Cosmopolis’ fizeram importantes críticos deixarem de subestimá-lo.

Blasé e aparentemente desinteressado pelo circo midiático, o artista conquistou respeito, status e poder sem precisar de superexposição da vida íntima nem de rótulos manjados como ‘o mais bonito’, ‘o mais sexy’ etc.

Em papéis dramáticos, Pattinson provou ser muito mais do que o pálido e insosso Edward Cullen, o vampiro politicamente correto de ‘Crepúsculo’. Sua ascensão a Batman o coloca no primeiro time de Hollywood e deixa a carreira perto do ápice.

Publicidade

Semelhante inversão de expectativa aconteceu com Kristen Stewart, colega de Robert na franquia. Na pele de Bella, ela recebeu incontáveis opiniões negativas sobre o desempenho diante das câmeras. Teve o talento contestado.

Igualmente avessa à imprensa, a atriz californiana enfrentou a situação de maneira discreta. A melhor resposta foi dada com desempenhos convincentes em longas como ‘Acima das Nuvens’, ‘Para Sempre Alice’, ‘Na Estrada’, ‘As Garotas do Rock’, ‘Café Society’ e ‘Personal Shopper’.

O invasivo interesse pela sexualidade da estrela – que se declarou bissexual após vencer a pressão para manter uma heterossexualidade de fachada – aos poucos foi ofuscado pela curiosidade sobre o que pensa, como compõe os personagens e os próximos projetos.

No momento, ela estimula contagem regressiva para a estreia em 5 de novembro de ‘Spencer’, um recorte temporal a respeito da vida da princesa Diana, morta em acidente de carro em 1997.

Publicidade

Um teaser e um trailer foram suficientes para a atriz, de 31 anos, impressionar no papel da assistente de jardim de infância que se tornou rainha da mídia e a mulher mais fotografada de seu tempo. Já cogitam indicações a prêmios, inclusive o Oscar.

Robert Pattinson e Kristen Stewart romperam estereótipos, sobreviveram à toxicidade de muitos jornalistas e, hoje, têm a sonhada (e rara) autonomia sobre a própria carreira. A decisão de manter saudável distância do mundo das fofocas e do universo fake das redes sociais os torna ainda mais interessantes.
 

Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Ativar notificações