0

Primeiro carro elétrico da Fiat no Brasil pode rodar 320 km

O novo Fiat 500 EV ficou maior e dobrou seu alcance com a nova bateria de 42 kWh. O carro tem um motor elétrico de 117 cv e atinge 150 km/h

5 mar 2020
11h59
atualizado em 11/3/2020 às 07h56
  • separator
  • 0
  • comentários

A Fiat vai estrear este ano no mercado brasileiro de carros elétricos. E o carro para isso finalmente foi apresentado na Europa. O novo 500 EV, totalmente elétrico, ficou um pouco maior do que a geração anterior. Ele ficou 6 cm mais longo e 6 cm mais largo. A distância entre-eixos cresceu 2 cm. Apesar de ficar maior, o Fiat 500 tem menos de 4 metros -- o que, de certa maneira, preserva sua essência e é um ganho em cidades com trânsito cada vez mais congestionado.

O novo Fiat 500 ganhou elementos do modelo de 1957 nesta terceira geração.
O novo Fiat 500 ganhou elementos do modelo de 1957 nesta terceira geração.
Foto: FCA / Divulgação

A segunda geração do Fiat 500, ou Cinquecento como dizem os italianos, foi lançada em 2007. Foi um renascimento do carro original, fabricado entre 1957 e 1975. Na Itália, o Cinquecento continua sendo muito popular. No Brasil, evidentemente, o carro é caro para o seu porte. Mas agora virá com o diferencial do motor elétrico, o que certamente atrairá seu público. Seu rival natural é o Mini.

O 500 elétrico estreia na configuração Cabriolet, mas logo deve chegar a versão com teto fixo.
O 500 elétrico estreia na configuração Cabriolet, mas logo deve chegar a versão com teto fixo.
Foto: FCA / Divulgação

A Fiat preferiu não brincar com o design do 500 EV. Apesar de algumas mudanças de estilo, trata-se de um inconfundível Cinquecento. Há ajustes na dianteira, com um novo para-choque que lembra o Fiat 500 original. Os faróis divididos são outra referência ao modelo de 1957. A traseira também foi levemente modificada. Curiosamente, o 500 elétrico está sendo lançado na configuração cabriolet (conversível para quatro pessoas). Portanto, ele será realmente exclusivo, pois não há no mercado nenhum carro com a capota que se abre como a do Cinquecento Cabrio. Analistas europeus acreditam que em breve haverá um 500 elétrico com teto fixo.

O carro traz uma bateria de íons de lítio de 42 kWh. Assim, ele ampliou seu alcance de 160 para 320 km, o dobro do que tinha. O motor elétrico tem 117 cv de potência e pode levar o pequeno Fiat a acelerar de 0-100 km/h em 9 segundos. A velocidade máxima é de 150 km/h (limitada eletronicamente). Com essas características, o Fiat 500 elétrico será um carro com perfil para uso urbano.

O Fiat 500 elétrico vem com um carregador DC de 85 kW, que entrega 80% da carga em apenas 35 minutos.
O Fiat 500 elétrico vem com um carregador DC de 85 kW, que entrega 80% da carga em apenas 35 minutos.
Foto: FCA / Divulgação

Ele vem com um carregador de 85 kW do tipo DC, ou seja, pode receber 80% de sua carga em apenas 35 minutos. Uma carga completa na tomada de casa ou do escritório, com capacidade de 7,4 kW, vai durar pouco mais de seis horas. Na Europa, a Fiat planeja lançar também um carregador doméstico de 3 kW. Para o Brasil, a FCA ainda não anunciou em detalhes sua estratégia para os carros elétricos, somente que estreará com o Fiat 500 EV em 2020 e com dois modelos híbridos plug-in da Jeep em 2021.

O interior é clássico, com excelente posição de dirigir, apesar do tamanho limitado.
O interior é clássico, com excelente posição de dirigir, apesar do tamanho limitado.
Foto: FCA / Divulgação

 

Veja também:

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade