Especiais
 

Thriller
Vanilla Sky
Apesar das falhas, Tom Cruise demonstra ousadia ao refilmar produção espanhola sobre perda da beleza

Mariane Morisawa

 

Divulgação
Vanilla Sky: Penélope Cruz repete o mesmo papel do espanhol Abre los Ojos e conquista Tom Cruise dentro e fora das telas

Depois de ver uma cópia em vídeo do filme espanhol Abre los Ojos - Preso na Escuridão no Brasil -, Tom Cruise resolveu refilmá-lo. Segundo consta, tentou que Alejandro Amenábar (Os Outros), diretor do original, assumisse o projeto. Com a recusa do cineasta, Cameron Crowe, de Jerry Maguire e Quase Famosos, pegou a tarefa. Já a atriz Penélope Cruz, Cruise manteve. E foi assim que o romance mais badalado do ano passado começou.

Indicações
Vanilla Sky, concorre a Melhor Canção Original com "Vanilla Sky" de Paul McCartney

O maior astro de Hollywood encarna David Aames, tornado diretor de um complexo editorial após a morte do pai. Riquíssimo e lindíssimo, ele quer saber de boa vida. Anda de Jaguar, veste as melhores grifes, dorme com a modelo do momento, Julie Gianni (Cameron Diaz). Em sua festa de aniversário, conhece a bailarina Sofia (Penélope Cruz, péssima como sempre). Passam a noite juntos, sem transar. David acredita que sua vida vai mudar, até que entra no carro da apaixonada Julie. Sofrem um acidente no qual a moça morre e o rapaz fica desfigurado. O filme entra então num labirinto de idas e vindas, em que o espectador, assim como o protagonista, não sabe distinguir sonho de realidade.

O diretor Cameron Crowe se perde ao tentar adequar seu estilo leve à história sombria. Proliferam mudanças de tom, e o final é esquisito. Tom Cruise está cada vez mais lindo - e só. Mas não é comum que Hollywood aceite filmar um filme de roteiro intrigante, em que o espectador precisa prestar atenção em cada detalhe. E não é todo dia que o maior astro da indústria aceita aparecer desfigurado, fazendo piadas sobre seu famoso sorriso. Mesmo que imperfeito, é mais um ponto para o ator. Céu de baunilha para Tom Cruise