- Anuncie
- Assine

   
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Ensaio
A vilã mais sexy do momento
A mineira Mariana Rios comemora o sucesso de sua personagem na novela das seis, a invejosa Nancy, e conta que teve de enfrentar o seu medo de animais no Araguaia

Thaís Botelho

Início no Rio de Janeiro
“Foi muito complicado, mas fui certa do que queria para minha vida. N ão estava atrás de liberdade, tinha um foco. Comecei a estudar teatro na Casa das Drtes de Laranjeiras (Cal) e batalhar. Enquanto não conseguisse realizar meu sonho, não iria sair de lá. Às vezes eu dormia no ônibus e parava sei lá onde. E quem disse que eu tinha dinheiro para voltar e pegar outro ônibus? Voltava a pé ou implorava para o motorista deixar eu subir pela porte de trás. Até conseguir uma carona levei muita portada na cara. Também trabalhei distribuindo panfletos de lojas e festas nas portas de faculdades. Fora a saudade da minha família e dos amigos que deixei em araxá, né? Ligava chorando para casa. Mas tudo isso me fortaleceu.”

Julia Moraes/ Ag. IstoÉ
Vestido Lilly Sarti e sandálias NK STore com brincos Silvia Furmanovich e anel Sandra Pinheiro. Corselet preto La Perla com brincos e pulseira Ara Vartanian

 

Julia Moraes/ Ag. IstoÉ

Primeira vilã
“Tive muito medo no começo, pois era um personagem que eu teria que construir. Mas assim que recebi a Nancy adorei, pois quando o ator dá vida a um vilão, ele pode explorar vários lados e acaba tendo uma maior visilibilidade. Ela é má, faz de tudo para prejudicar a irmã e vive a vida do outro, sem enxergar a dela própria. Mas ao mesmo tempo, ela sofre com isso. Na verdade, ninguém é muito bonzinho, né? E o vilão pode ser de tudo um pouco. Quando se vive a mocinha tem que tomar cuidado para não ser cansativo.”

Mineirice
“Durante dois meses trabalhei para perder meu sotaque de Minas. Mas só na novela, né? Não consigo tirar da vida, não. Tive fonoaudióloga e workshops com três profissionais que me ajudaram na construção da Nancy. Foi ótimo e necessário, pois elas te fazem descobrir do que você é capaz. São vários exercícios para definir como o personagem pensa, anda, fala... Também fiz aulas de dança, uma preparação no Araguaia, né? O personagem nasceu lá.”

Namorado parceiro
“Nem parece que moramos em cidades diferentes, ele em são Paulo e eu no rio. A gente se fala o tempo todo por celular e nos vemos toda semana. Ele viaja muito e eu trabalho muito, é normal. O que mais temos em comum é a perseverança. Sempre queremos mais. A gente dá palpite em tudo na vida do outro, é bacana. Ele assiste minha novela, bate texto comigo e sinto que somos muito parceiros. Como sempre fui muito ansiosa para as coisas acontecerem, aprendi com ele uma frase que já adotei pra mim: ‘deixa rolar’, e tenho deixado. Falamos de casamento, mas a cada dia mudo de ideia de como seria e quando seria. Às vezes quero uma festa incrível com um mundo de convidados e uma banda tocando. Outro dia, acordo querendo só uma viagem, eu e o marido. Mas desde criança digo que vou casar ao som da música ‘Perhaps love’ (de John denver). É um sonho!”

TEXTO THAÍS BOTELHO EDIÇÃO DE MODA BIANCA ZARAMELLA FOTOS JULIA MORAES/ AG. ISTOÉ ST YLING MARIA CORTEZ BELEZA JR. MENDES PRODUÇÃO DE MODA HELOISA SIQUEIRA AGRADECIMENTOS CASA LES AMIS www.buffetlesamis.com.br

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2
   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS