- Anuncie
- Assine

   
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Álbum
Nicete Bruno Genética de artista

Thatiana Debiagi

Fotos Arquivo Pessoal, Arq. Ag. Istoé, Divulgação/

Filha de atores, Nicete Bruno praticamente nasceu e foi criada nos palcos de teatro. Foi também nele que conheceu o amor de sua vida, o ator Paulo Goulart, com quem está casada há 54 anos e tem três filhos, todos envolvidos com artes. Talvez por essa razão, ela admita que, dentre seus papéis na tevê, tem um carinho especial pela mãezona Lola, de Éramos Seis, novela exibida na extinta Tupi, em 1977. A carreira começou quando Nicete tinha apenas 4 anos. Em 1942, ela já trabalhava em um programa infantil na Rádio Guanabara do Rio de Janeiro. Sua estreia oficial aconteceu em 1947, na peça A Filha de Iório, de Gabriel D’Annunzio, quando ela, então com 13 anos, foi considerada a atrizrevelação da temporada. Na mesma época, Nicete estreava no cinema ao lado de Tônia Carrero, em Querida Susana. Aos 17, fundou o Teatro de Alumínio, em São Paulo.
Carrero, em Querida Susana. Aos 17, fundou o Teatro de Alumínio, em São Paulo. Na tevê, a atriz fez minisséries, especiais e mais de 30 novelas. No ano em que comemorou 50 anos de carreira, interpretou a primeira vilã, em O Amor Está no Ar (1997). Entre as homenagens que coleciona, está o Prêmio Molière de melhor atriz, por O Efeito dos Raios Gama Sobre as Margaridas do Campo. Foi nessa peça que atuou pela primeira vez com as filhas, Beth Goulart e Bárbara Bruno, e com a mãe, Eleonor Bruno. Entre 2001 e 2004, Nicete participou da retomada de um dos maiores sucessos da televisão brasileira, o Sítio do Picapau Amarelo, emprestando sua doçura a Dona Benta. Este ano, está novamente nas novelas, desta vez, dando vida a Júlia Spina, mãe do costureiro Jacques Leclair, no remake de Ti-ti-ti.

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS