- Anuncie
- Assine

   
 
Paulo Borges // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


A nova cara da C&A
A marca inaugura flagship em São Paulo e traz várias novidades, entre elas, um espaço do SPFW com publicações de moda e objetos de design

Paulo Borges

 

 

No alto da página, o espaço SPFW dentro da C&A. Os estilistas, Ana Magalhães, Alexandre Herchcovitch e Gloria Coelho cortam a fita de inauguração da flagship

NA ÚLTIMA SEMANA foi aberta ao público a flagship da C&A, uma espécie de loja-conceito, no Shopping Iguatemi SP. Detalhe muito importante: só há duas da marca no mundo: uma na China e essa no Brasil.

Batizada de "Espírito Brasileiro", a nova loja foi inspirada na alma das mulheres e busca imprimir qualidades como elegância, ousadia, brilho, calor, energia, sensualidade e tecnologia. Nesta C&A, o ambiente é intimista, com iluminação mais quente e disposição das coleções de acordo com o lifestyle da compradora. As coleções especiais, feitas em parceria com estilistas consagrados da moda brasileira, também têm espaço diferenciado. Todos os atendentes são estudantes de moda e usam uniformes assinados por Reinaldo Lourenço (que já fez duas coleções para a rede) e há na loja consultoras prontas para responder se aquela calça saruel valoriza seu corpo e combina com a regata de viscose em tom pastel. Outro agrado são os provadores discretos, com sofás e vendedoras que vão buscar um número menor ou outra cor da peça que você está experimentando.

A loja SPFW (São Paulo Fashion Week), no segundo piso, inaugura um conceito na C&A (o de loja-dentro-de-loja) e traz para os consumidores uma nova possibilidade de compras, com livros de arte, fotografia, moda, objetos de design, quadros, papelaria, além de todas as edições da revista MAG! e exemplares de revistas importadas difíceis de encontrar nas bancas do País. Informação de moda acessível a todos e parcelada em até oito vezes.

A abertura de um novo conceito de loja e as parcerias cada vez mais frequentes com designers brasileiros mostra que, além de a C&A estar preparada para abocanhar a nova parcela da classe média, a rede de varejo trabalha para democratizar a moda (e a informação de moda) para todas as camadas sociais.

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>
   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS