- Anuncie
- Assine

   
 
Moda // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Yves Saint Laurent
Elegância e sofisticação deram o tom à coleção criada por Stefano Pilati para a Primavera/Verão 2011 da Yves Saint Laurent. Na passarela da marca francesa, vestidos femininos, transparências e leve inspiração nos anos 80

Por Bianca Zaramella

 

Fotos aFp
Cores sóbrias e formas femininas na coleção Primavera/ Verão 2011 de Stefano Pilati para a Yves Saint laurent

UMA MULHER SEXY e segura de si. Foi para ela que Stefano Pilati criou sua coleção de Primavera/Verão 2011. Há quase dez anos no comando da marca francesa Yves Saint Laurent, o estilista italiano faz um exercício de glamour e requinte a cada temporada. Para esta coleção, apresentada na Semana de Moda de Paris, looks em tecidos nobres e chiques que ele definiu como “um experimentalismo de cores e ousadia”. Vestidos, saias e blusas e outras peças ganharam uma sensualidade sutil com fendas e decotes modernos. O desfile começou com reinterpretações do clássico trench-coat, passando por vestidos geométricos, até chegar em babados leves e femininos. É esta a ousadia que Pilati exerce com maestria. Ele consegue passar por várias formas sem perder o estilo de seu trabalho. Desta vez, a sensualidade criada por ele apareceu com muitas transparências em blusas e sobreposições de estampas em chiffon. Na cartela de cores, laranja, vermelho, bege e azul-marinho dividiram a cena. Cintos finíssimos e sandálias de acrílico negro também arremataram macacões e calças de leve inspiração oitentista. Para a maquiagem, os olhos foram iluminados e o batom era vermelho, como não poderia deixar de ser, na passarela de uma das marca mais tradicionais do calendário francês.

Geometria x feminilidade
A sofisticação de calças de seda e transparências com leve inspiração nos anos 80 (1). Vestidos leves e delicados em crepe chiffon definiram a cartela de cores do estilista (2). Cintos finos em modelos de inspiração clássica (3). Stefano Pilati conseguiu reproduzir a silhueta em T, que virou sua marca registrada em vestidos de recortes geométricos (4).

 

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS