- Anuncie
- Assine

   
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Making of
Marieta, a dona de casa
Há dez anos como a matriarca de A Grande Família, Marieta Severo nem pensa em parar de interpretar Dona Nenê e conta que curte cozinhar aos domingos

Por Simone Blanes / Fotos: João Castellano / Ag. IstoÉ


Durante a gravação de um comercial em São Paulo, a atriz conta que os trabalhos no teatro e no cinema são sua fonte de inspiração

Era quinta-feira 30, dia de A Grande Família na tevê, mas, por algumas horas, Marieta Severo trocou a Dona Nenê por uma outra dona de casa, a Lúcia. A nova personagem é protagonista de um filme publicitário do sabão em pó OMO, gravado em São Paulo. Gente acompanhou os bastidores do comercial e conversou com a atriz sobre trabalho e sua rotina de mãe e avó. Feliz por completar dez anos no papel da prestativa esposa de Lineu, no seriado da Rede Globo, ela diz que não gosta nem de pensar em parar de interpretar a Nenê. “Já pensei nisso, mas me deixa muito triste. Ela é um fato único porque nunca tive tanto tempo de convivência com uma personagem. E acho que nem vou ter. Só se eu começar agora e ir até bem velhinha, né?” Marieta comenta também a preocupação em não mecanizar esse trabalho, que faz há 357 episódios. “Atuar é um exercício diário, mas também bastante particular. A Nenê é feita de sutilezas que crio por ter um conhecimento absoluto dela.” E completa: “O que me mantém artisticamente viva é justamente fazer muitas coisas fora, como teatro e cinema.”

E assim como Dona Nenê, Marieta também é uma mãezona. Ela se desdobra para atender aos chamados das três filhas, Silvia, Helena e Luiza. “Cada uma delas mora em uma casa diferente, e são sete netos. Tem dia que estão três na mesma creche e eu saio correndo para buscar. Agora, no domingo todo mundo se reúne na minha casa”, conta a atriz, que curte certas atividades domésticas. “Gosto de arrumar, decorar, ter flores em casa”, diz ela, que de vez em quando prepara pratos especiais. “Sou muito boa na feijoada. Também faço um cassoulet e um espaguete à primavera deliciosos. Meu único problema é ser desastrada, acabo sempre derrubando ou quebrando alguma coisa.”

 

 

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS