- Anuncie
- Assine

   
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Mãe em jornada dupla
Atriz encara maternidade simultânea na ficção, em Juntos pelo Acaso, e na vida real, ao adotar um bebê

Por Bela Megale, de Nova York

Fotos PETER LOVINO/ DIVULGAÇÃO

 

Você está em ótima forma, o que faz para mantê-la?
Odeio fazer musculação, nunca fui adepta de esportes, não jogava nada quando estava na escola. Preciso cortar tudo que consigo da minha dieta e tento, quando estou trabalhando, fazer exercícios cardiovasculares. Faço uma atividade de origem russa chamada kettlebell, que consiste em levantar um peso com uma alça de aproximadamente nove quilos. Tento fazer isso três vezes por semana de 45 minutos a uma hora, mas na maioria das vezes faço 20 minutos duas vezes por semana

Prefere fazer filmes ou televisão?
Provavelmente filmes, pois é mais novo para mim. Fiquei seis anos fazendo televisão e ficou previsível. Gosto de mudanças, de viajar, e com o cinema tenho essa oportunidade. Mas pode ser que me pergunte isso em alguns anos e eu diga que prefiro estar em Las Vegas filmando uma série.

Você leva sua filha nas viagens?
Ela vai para onde eu vou. É maravilhosa com pessoas novas. Como viajamos muito é constantemente apresentada a pessoas novas e se sente muito confortável com isso. Mas quando tiver idade para entrar na escola será mais complicado. Ainda não tenho um plano para isso porque realmente adoro trabalhar. Atualmente, temos uma babá e meu marido nos acompanha quando não está trabalhando.

Ele partilhava com você o sonho de adotar uma criança?
A beleza do Josh é que ele é muito aberto a tudo. Ele não cresceu com essa ideia, mas, no início do namoro, eu trouxe o assunto à tona porque era importante mostrar meus planos. Se ele não concordasse não continuaríamos namorando.

Como é Josh Kelley como pai?
Provavelmente um dos melhores que eu já vi. Essa foi uma das razões de ela dizer "dada" (de dad, "papai", em inglês) antes de "mama". Ela adora o Josh e acho que de certa maneira eu já sabia disso sobre ele. Eu tinha a fé de que quando colocasse essa criança nos braços dele ela seria amada incondicionalmente, como faz todo pai. Foi muito mágico a primeira vez que ele pegou Naleigh. Pensei, "ops, ela vai amar mais ele do que a mim". E ela ama (risos).

Qual a diferença da sua relação e de Josh com Naleigh?
Ele é fantástico com ela, mas não sente a mesma culpa ao sair para trabalhar que eu sinto quando saio. Homens têm a habilidade de separar isso. Como mãe, você se sente responsável por tudo. Nossa babá é ótima, ama Naleigh, mas mesmo assim ligo várias vezes e pergunto: "Ela já dormiu? Já fez coco?" Tenho certeza que ela está bem e ajo assim. É até meio ridículo. (risos)

Classificação indicativa: a conferir

 

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2
   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS