- Anuncie
- Assine

   
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Roqueiras pioneiras
Dakota Fanning e Kristen Stewart arrebatam como as jovens rebeldes de The Runaways - Garotas do Rock, mas a história não traz nada de novo

Por Suzana Uchôa Itiberê

 

★★★ DRAMA

Kristen e Dakota mostram amadurecimento como atrizes

TALVEZ O NOME THE RUNAWAYS não signifique nada para a nova geração, mas quem curtia rock nos anos 70 sabe que aquela foi a primeira banda formada só por mulheres. Embora tenha derrubado barreiras e aberto as portas desse gênero musical para o sexo feminino, sua história não difere da de outra penca de grupos que estouraram e implodiram com a mesma velocidade. A trama é livremente inspirada na autobiografia de Cherie Currie, a vocalista, uma tigresa cujo visual era uma fusão de David Bowie e Brigitte Bardot. A guitarrista Joan Jett, hoje em carreira solo, foi produtora-executiva do filme e a italiana Floria Sigismondi estreia como cineasta após comandar videoclipes de nomes como The Cure e Björk. Floria tem apreço pelo cenário underground e a trupe de The Runaways era das mais rebeldes.

A ascensão e a queda da banda não escapam da fórmula sexo, drogas e rock' n' roll, e a diretora investe na estética e na música, em detrimento dos conflitos pessoais das protagonistas. É uma obra imperfeita, que desliza na dramaturgia, mas chama a atenção pelo desempenho de duas jovens estrelas - essas, sim, muito conhecidas da moçada. O prodígio Dakota Fanning, que fez a filha de Tom Cruise em Guerra dos Mundos, entra de atropelo na adolescência e é puro vigor na pele da jovem drogada, bissexual, carente e perdida que foi Cherie. É uma Dakota como nunca se viu, uma atriz pronta para maiores desafios. E os fãs de Kristen Stewart, a romântica Bella Swan da saga Crepúsculo, vão ficar chocados com a hardcore Joan Jett que ela interpreta aqui. No fim das contas, a fita vale pelo desabrochar das atrizes. Em tempo: a neta do rei Elvis Presley, Riley Keough, vive a irmã de Cherie.

(16 anos)

 

 

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS