- Anuncie
- Assine

   
 
Estilo // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Casa de artista
Guilherme Torres, arquiteto e designer, promoveu reformas de improviso em seu refúgio em Londrina, valorizando formas geométricas e objetos sentimentais

Por Silviane Neno / Fotos: Roberto Wagner e Marcelo Magnani / Divulgação

Da esquerda para a direita, o closet simples e prático; o quarto de Guilherme com a parede no fundo em tijolo aparente e as linhas geométricas que caracterizam toda a casa; as janelas e entrada do loft com uma parede para quebrar a entrada direta; a parede ao lado do box do banheiro tem um jardim de inverno com samambaias

O resultado estético deste ímpeto é uma casa com canos por onde passam a fiação elétrica expostos na parede, formando um desenho integrado ao ambiente. Os móveis também inovaram. Guilherme preferiu usar alvenaria e cimento para não ter de trocar o mobiliário de dois em dois meses. A cadeira com base em concreto é do designer alemão Konstantin Grcic e se chama Chair One. Já o sofá da sala tem dois metros só de assento, feito com dois colchões de brim preto e almofadas assinadas pela estilista Adriana Barra. O lustre foi o único objeto que sobreviveu da decoração anterior, por ter valor sentimental.

Os dois quartos ficam na parte de cima do loft e também obedecem a rígidas linhas geométricas, o que Guilherme atribui ao seu signo: “Sou virginiano e muito preocupado com organização. As almofadas da sala são jogadas, mas tem um jeito certo de jogálas. Adoro linhas, geometria e fiz isso na casa inteira.” Apesar de estar focado nestas regras, Guilherme privilegiou o conforto e o aconchego em sua casa. “Não tenho apenas um prazer visual aqui. Quis dar sentimento aos ambientes”, completou.

O quarto de hóspedes recebe principalmente os pais de Guilherme, que não moram em Londrina e vão ao Paraná descansar e passar um tempo com o filho. Abaixo, a cozinha com a parede revestida por um adesivo feito sob medida para o arquiteto. Ele mesmo desenhou o que seria um ladrilho, depois de uma viagem ao Rajastão, na Índia
Outro detalhe do quarto com mosaico dos tubos ornando com o hi-tech da televisão

 

 

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS