- Anuncie
- Assine

   
 
Urgente // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


A aposentadoria de James Bond
Sean Connery conquistou um feito que poucos homens conseguem

Por: Bruna Narcizo


Foto: Ap Photo / Eron Agostini
Ao lado de Harrison Ford em Indiana Jones – A Última Cruzada
O sempre galã Sean Connery

Sean Connery conquistou um feito que poucos homens conseguem: chegar com pinta de galã aos 80 anos e com um título de Sir. O ator completou oito décadas na quarta-feira 25. Mas os fãs não têm motivos para comemorar. Em entrevista ao jornal escocês Daily Record, ele airmou que não voltará a interpretar. “Acho que não vou atuar mais. Tenho memórias maravilhosas, mas aqueles dias fazem parte do passado.” O eterno James Bond foi o primeiro ator a interpretar o espião mais famoso do mundo na saga 007, em 1962. Ao todo foram seis ilmes da série cinematográica. Ele também serviu de inspiração para Steven Spielberg criar Indiana Jones e atuou como pai do personagem no terceiro filme da série. Conquistou um Oscar como ator coadjuvante, em 1987, por sua atuação em Os Intocáveis e foi nomeado Sir pela Rainha Elizabeth II, em 2000. É por ser quem ele é e ter feito o que fez que até hoje as mulheres derretem-se por ele.

Fotos: Divulgação
O ator, na década de 60, como o espião 007
Ele (ao centro) em Os Intocáveis com Andy Garcia e Kevin Costner

 

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS