- Anuncie
- Assine

   
 
Gastronomia // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


A onda vegetariana chega à Restaurant Week
Em sua sétima edição paulistana, o evento aposta em menu saudável para inovar e conquistar ainda mais adeptos

Bela Megale

Divulgação Divulgação
A chef Morena Leite, do Capim Santo, incluiu o quibe de beringela no seu menu da RW

EM 2006, SÃO PAULO abrigava 97 restaurantes vegetarianos. Hoje, a cidade tem 147 endereços dedicados ao segmento, indicando um crescimento de 48% deste tipo de estabelecimento na capital. Atentos ao aumento do número de vegetarianos e interessados em uma alimentação mais saudável, os organizadores da Restaurant Week aderiram à tendência que ganha adeptos mundo afora solicitando aos 210 participantes a elaboração de um menu dedicado ao público que dispensa carne vermelha, aves e peixes. “Em 2009, quando o evento tomou uma projeção maior, recebemos mais de mil reclamações afirmando que poucos restaurantes ofereciam opções de alta gastronomia para vegetarianos”, contou Emerson Silveira, organizador da ação no Brasil. A iniciativa que é novidade no País já é regra na versão americana da maratona gastronômica. “Em Nova York, 90% dos restaurantes que integram a RW oferecem pratos vegetarianos. Muitos deles têm até menu degustação”, conta. Entre os participantes que aprovaram a ideia está a chef Morena Leite, que participa do evento com o restaurante Capim Santo desde a segunda edição do evento.

Abaixo, o nhoque de beringela da Mercearia do Conde preparado com exclusividade para a RW
Divulgação

“Não foi um desafio, mas um prazer atender a esta solicitação”, disse. Filha de pais que tiveram alimentação macrobiótica e vegetariana por muitos anos, Morena sempre teve grãos e vegetais como parte do seu cardápio em sua cozinha. Para a sétima edição do RW, a chef oferece um prato que já integra seu repertório, um quibe de berinjela com coalhada fresca e mix de folhas. “É leve, nutritivo, com temperos como capim santo e pimenta dedo de moça. Seus ingredientes aceleram o metabolismo, bom para quem quer emagrecer”, recomenda. Outro restaurante que aposta na berinjela para agradar os vegetarianos é a Mercearia do Conde, que preparou um nhoque de berinjela com ratatouille de legumes ao sugo exclusivamente para a maratona. Além da novidade, a RW mantém a vantagem do custo-benefício. Entrada, prato principal e sobremesa saem por R$ 29,00 + 1 no almoço e R$ 39,00 + 1 no jantar. A RW vai de 30 de agosto a 12 de setembro.

Capim Santo – Al. Ministro Rocha Azevedo, 471, São Paulo, tel (11) 3068 - 8486
Mercearia do Conde – r. Joaquim Antunes, 217, São Paulo, tel (11) 3081-7204

Clientes Mastercard Black e Platinum podem usufruir dos restaurantes a partir de 23 de agosto.

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS