- Anuncie
- Assine

   
 
Moda // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Bouchra Jarrar
Novo nome da alta-costura de Paris essa jovem estilista de origem marroquina conquistou as passarelas da capital francesa com sua apresentação leve, única e refinada

Por Bianca Zaramella

 

Recortes geométricos em preto e branco para a coleção de Bouchra Jarrar, nova promessa para a altacostura em Paris

O NOME É UM TANTO EXÓTICO, Bouchra Jarrar. Novo destaque na Semana de Moda de Alta-Costura de Paris, a estilista francesa promete criar uma nova estética para Haute Couture e surpreender os mais tradicionais. Com passagens pelos ateliês de Balenciaga, ao lado de Nicolas Ghesquiere e Christian Lacroix até 2009, essa moça de origem marroquina apresentou seu primeiro desfile em janeiro, na capital francesa. Sua primeira coleção foi simples, única, leve e refinada e desta vez não poderia estar melhor. Rigor e delicadeza fazem parte do mood de Bouchra Jarrar que apostou em formas puristas e geometria para construir suas peças nesta coleção de Outono/ Inverno 2011 apresentada em julho. Quer uma nova cor para um exercício de estilo? O branco. É com ele que Bouchra elabora vestidos longos de caimento impecável. Para a estilista a roupa usada em nossa sociedade está cada vez mais casual. “Só depende de como você usa as peças”, contou ela ao site de moda WWD sobre seu conceito de elegância. Seus modelos têm contraste de volumes e recortes de inspiração futurista em preto e branco. Bouchra Jarrar prefere a sensualidade discreta e feminina como toda francesa contemporânea.

Minimalismo chique
Longos de caimento impecável e sensualidade discreta na passarela de Bouchra Jarrar (1). A estilista também apostou na releitura do uso de peles para compor looks (2). Minimalismo para ternos de alfaiataria perfeito em preto e branco (3). Recortes geométricos em cores neutras seguem o conceito de que “menos é mais” na coleção da estilista (4).

 

   


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS