- Anuncie
- Assine

   
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Tarcísio Meira
Depois de 20 anos, o ator volta a fazer cinema, conta por que passou tanto tempo longe dos sets, grava minissérie e, casado há 48 anos com Gloria Menezes, diz que o amor não se explica

Camilla Gabriella

 

DAVID DE ALMEIDA

Alguns atores preferem minisséries a novelas. Qual a sua avaliação sobre isso?
Estou gravando uma participação na minissérie Afinal, o que as Mulheres Querem?, de Luiz Fernando Carvalho. Se você tem uma boa história e um bom personagem, faz com igual prazer novela ou minissérie. O problema é ter tempo de fazer as coisas acreditando que vá ser o melhor possível e tudo vai dar certo, que todos vão ser felizes nessa realização. O ator é um ator em qualquer lugar. Se ele é bem-intencionado, vai ser feliz. Mas, realmente, embora seja boa de fazer, novela é uma coisa muito desgastante. É uma experiência única para um ator. É muito bom fazer um personagem que ainda não acabou, que está sendo construído pelo ator, pelo próprio autor, diretor e pelos outros personagens.

Assim como o Tony Ramos, o sr. é um exemplo....
(Interrompendo) Eu odeio ser exemplar, ou que as pessoas pensem que eu sou um exemplo. As pessoas se acostumaram a me ver muito na tela e, então, é normal terem certa intimidade. Muitas chegam perto de mim e fazem confidências das mais sérias. É incrível, elas se identificam com os atores que conhecem há muito tempo e falam com eles como se fossem pai, um tio, um irmão mais velho. Isso acontece muito comigo. Esquecem que sou um estranho – e, ao mesmo tempo, não sou. É preciso saber conviver com isso. Mas não gosto do papel de ser exemplo para nada. Odeio esse papel.

Por quê? As pessoas cobram muito?
A cobrança não me incomoda. O que me incomoda é achar que eu seja exemplar. Sou tão falível quanto qualquer pessoa, tão bandido quanto qualquer pessoa. Não sou um mocinho, não (risos). É um personagem emendando no outro e, de repente, pensam que essa avalanche de coisas se resume em mim. E não é assim.

Em algum momento de sua carreira o sucesso o deslumbrou?
Gostaria de saber como as pessoas se deslumbram. Eu seria incapaz de assumir uma atitude que contraria minha natureza. Talvez não seja o que as pessoas esperam de mim, talvez quisessem me ver em outra situação. Eu tinha uma caminhonete simples que usava na minha fazenda. De repente, as pessoas me viam e, pensando que eu tinha um carrão (risos), se sentiam frustradas. Imaginavam que na condição de primeiro ator da Globo eu fosse um superastro que só andasse de helicóptero ou carrões. Era difícil para elas me aceitarem guiando uma simples caminhonete.

O sr. é casado há 48 anos. Hoje em dia, os relacionamentos são pouco duradouros. Qual o segredo de um casamento longevo?
As pessoas estão um pouco confusas, estão diante de uma realidade para as quais elas não estão preparadas. O mundo muda muito depressa. É preciso ter certo distanciamento para observar as coisas todas mudando. Hoje, as condições são muito diferentes. Talvez isso dê uma insegurança para as pessoas e elas não sabem bem o que elas são, para onde vão, o que sentem. A mídia é muito poderosa, dita regras. As pessoas querem imitar, fazer coisas que nem sempre as medidas são adequadas. Há certa confusão na cabeça das pessoas, é compreensível. O fato de eu ser casado com a Gloria há muito tempo é muito nosso. Eu gosto de minha mulher e ela gosta de mim. Nós quisemos estar juntos e queremos continuar juntos. Sempre quisemos. Não nos separamos nunca. O amor você não explica muito. Não sei se as pessoas estão procurando isso ou não, ou se estão procurando e não estão encontrando. O mundo mudou muito. Não sei como é que eu me comportaria no mundo de hoje.

 

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS