- Anuncie
- Assine

   
 
Paulo Borges // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


O tempo não para
O Mais que fast forward, revista MAG! é a primeira publicação no Brasil a utilizar a tecnologia da realidade aumentada num ensaio de moda

Paulo Borges

 

A capa da edição que utilizou a realidade aumentada

Nosso relógio trabalha em moto-contínuo. Tic. Sem parar. Tac. Sem cessar. Tic. Sem se cansar. Tac. Por isso, ffwMAG! corre nos compassos do mundo atual, apostando em modos de vida que transformem, mudem e revolucionem. Basta de valores revisionistas, de pessoas que não fazem nada para melhorar a qualidade de vida de um planeta maltratado há séculos. Alterar tudo. Já. O futuro chega todos os dias, embora tantos permaneçam amarrados ao passado.

Esta é a edição que fizemos com maior interferência da comunicação digital. Grande parte das imagens da revista número 20 foi encontrada no Flickr, por exemplo. Estudamos dezenas de autores que acreditam em ideias que expandem a visão: a tecnologia muda a comunicação de conteúdos, as relações humanas, o contato sustentável com o mundo natural, o jeito de se morar e até os modos da moda.

A viagem de ffwMAG! Futuro – O Tempo Não Para se inicia num texto-manifesto sobre impasses e soluções que interligam presente e futuro. Na sequência, criamos uma série de 20 pequenas matérias/reportagens que indagam, questionam, perguntam. Por que as sociedades industriais produzem tanto lixo? O fotógrafo Chris Jordan mostra imagens terríveis do atol de Midway, no Pacífico. Por que as pessoas se entregam ao hiperconsumismo? De que forma a biomimética da cientista Janine Benyus traz novos conceitos científicos? Por que o world english será a língua “torta” da humanidade? Quem forma a geração Y e que mudança o tex representa para cidades que explodiram seus limites de habitats?

A moda sustentável se expandirá? De Berlim, Frans Prins acredita que sim e explica como. Em que planeta viveríamos se todas as pessoas estivessem conectadas à rede? Isso acontecerá quando? Quem serão meus milhares de amigos virtuais em 2043? Os recursos virtuais provocarão a ubiquidade, que é a possibilidade de estar em vários locais ao mesmo tempo? O que as religiões dirão disso? O excesso na oferta de bens de consumo provoca angústias? O filósofo norte-americano Noam Chomsky quer saber: “O homem ou o lucro?”. O que um cool hunter, ditador de tendências futuras, achará disso? Você percebeu que as novas ficções espaciais do cinema substituem o Homo Sapiens por seres fantásticos, espaciais e romantizados? Como será o corpo humano em 2050, 2130, 2250? Os gêneros sexuais vão deixar de existir, todos viverão no mínimo 150 anos, vamos trocar de pele, clonar o rosto de ídolos populares? O antropólogo Stéphane Malysse foi ao futuro, voltou e conta como será.

 

1 | 2 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS