- Anuncie
- Assine

   
 
Estilo // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Estilo casa
Simples assim
Conforto e praticidade foram as premissas que guiaram o jogador de polo João Paulo Ganon na hora de pensar no projeto de seu duplex em São Conrado, no Rio. O décor, assume as referências à sua paixão pelo esporte

Gustavo Autran Fotos Orestes Locatel/Ag. IstoÉ

 


Na foto principal, João Paulo Ganon posa com o taco de polo em sua sala de estar. Os troféus ganhos em competições viram elementos do décor. Um deles, sobre o aparador de acabamento rústico, serve como balde de gelo para resfriar o champanhe. O pôr do sol na orla de São Conrado, visto da varanda do apê. No piso superior, a suíte foi transformada em escritório. Sobre o sofá, almofadas estampadas quebram o domínio do branco


Quando decidiu mudar para o novo apartamento, João Paulo Ganon dispensou a ajuda de um profissional e só aceitou os pitacos da mãe, a artista plástica Claudia Maria Ache Ganon. Assim, o décor começou com a escolha de um lugar especial para dispor os muitos troféus, na estante ao lado da tevê de plasma.

Sobre o tampo do aparador, bem ao lado do sofá, repousam um moderno saca-rolhas e um termômetro para vinho, item de primeira necessidade para todo enófilo, como ele. Cada detalhe revela um traço da personalidade do jogador, 33 anos, conhecido também por ter namorado beldades como Ana Paula Arósio e a jogadora de vôlei Ana Paula. O mais visível deles é, obviamente, sua paixão por cavalos. Antes mesmo de aprender a ler, João Paulo já sabia montar e golpear a bola com o taco, sob a supervisão do pai − o empresário Ronaldo Ganon. Aos 11 anos, participou de seu primeiro torneio esportivo e nunca mais parou. No caminho, foi acumulando prêmios importantes − como o bicampeonato no Aberto do Estado de São Paulo, competição considerada a mais tradicional do calendário brasileiro, e o campeonato Mundial em 2001, na Austrália.

 

1 | 2 | 3 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS