- Anuncie
- Assine

 
 
 
Moda // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Alta costura
Vestidos luxuosos e uma moda chique sem ostentação. Duas vertentes dividiram espaço na Semana de Alta-Costura em Paris neste Outono/Inverno 2010/11

Fotos: AFP
Na passarela de John galliano para a Dior orquídeas, tulipas e rosas se transformaram em vestidos

LUXO E ALTACOSTURA são sinônimos de Paris. Desfiles e vestidos cada vez mais sofisticados fazem parte da estratégia dos estilistas para sobreviver em um mercado limitado. Nesta temporada de Outono/Inverno 2010/11, maisons francesas tradicionais como Dior, Givenchy, Chanel e Jean Paul Gaultier investiram em espetáculos para brilhar ao lado dos italianos Giorgio Armani e Valentino. A semana começou bem, com a apresentação de John Galliano para a Dior. Para esta coleção, o estilista francês reuniu cores fortes e em vestidos super- -excêntricos, em uma homenagem ao universo das flores. Ícone dos vestidos longos com muito brilho e sensualidade, Elie Saab também valorizou todas as suas fendas e decotes com tecidos muito sofisticados.

Em seguida, na passarela de Jean Paul Gaultier, referências à Paris, com um leve toque de anos 80, meias-arrastão e cetim, em mais um trabalho bem característico do estilista. Entre os italianos, a moda continua cada vez mais chique, mas sem ostentação. Na coleção Privé de Giorgio Armani, uma nova cartela de cores, baseada em tons neutros como bege e camelo, revolucionou a imagem tradicional do estilista com extrema elegância. Já na passarela de Valentino, agora sob o comando de Maria Grazia Chiuri e Pier Paolo Picciolli, os vestidos longos dividiram espaço com modelos mais curtos de inspiração retrô. Nas mãos da dupla, a marca italiana ficou mais jovem e objetiva, sem perder o romantismo que permeou a estação.

 

Fotos: AFP
Luxo X Elegância
Da esquerda para a direira; Jean Paul Gaultier e sua homenagem à Paris com elementos dos anos 80 . Elie Saab criou luxuosos vestidos longos com transparências e muitos bordados. Referências dos anos 60 e uma elegância extrema na cartela de cores de Giorgio Armani Prive. Laços, fitas, vestidos curtos. Esta é a nova imagem de Valentino.

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS