- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Cinema
Sherlock Holmes vira herói de ação

Jude Law e Robert Downey Jr. garantem a divertida dinâmica da dupla

Guy Ritchie filma aventura do famoso detetive e de seu parceiro Watson com muitos socos e explosões

GUY RITCHIE REALIZA SEU TRABALHO mais comercial com Sherlock Holmes. O diretor inglês capricha na ação, mas diminui a dose de violência - tão presente em suas obras - para contar uma aventura do detetive mais famoso do mundo e de seu fiel escudeiro, Dr. Watson. A história começa com a captura de Lorde Blackwood, um nobre ligado à magia negra e sacrifício de mulheres. Cético, Sherlock não acredita nos poderes de seu inimigo, mas terá de rever suas crenças quando, depois de enforcado e enterrado, o vilão volta a atacar.

O filme transforma Sherlock em mais um herói cinematográfico, longe da complexidade do personagem criado por Sir Arthur Conan Doyle. Mas Robert Downey Jr. o encarna como um gênio displicente, tipo que interpreta com maestria e, elementos que fazem o personagem tão célebre estão lá: as brilhantes deduções pela simples observação e a divertida dinâmica entre o detetive e seu amigo médico (que funciona melhor por mérito de Downey Jr. e Jude Law, que vive o Dr. Watson). Para completar, uma bela reprodução da Londres vitoriana e o gancho para uma sequência futura garantem um filme, se não brilhante, pelo menos sólido. (14 anos) Marina Monzillo

 

 

 

 

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS