- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


O bom e velho conto de fadas
A Princesa e o Sapo é o retorno da Disney ao desenho clássico, tanto na técnica quanto no roteiro

Tiana é a primeira princesa negra da história dos estúdios

NOS ÚLTIMOS TEMPOS, andamos tão acostumados com a perfeição gráfica e as histórias espertas das animações Disney-Pixar que esquecemos como um bom e velho conto de fadas pode ser capaz de encantar - principalmente às crianças. O fato é que, enquanto a parceria com a Pixar rendia filmes maravilhosos como Procurando Nemo e Wall-E, os desenhos clássicos, feitos à mão, da Disney ficavam cada vez mais apagados e sofriam com a falta de um bom roteiro e personagens cativantes.

Para se ter uma ideia, desde Mulan, de 1998, o estúdio não lançava uma história de princesa. A Princesa e o Sapo chega para corrigir esse lapso. A animação retorna ao musical e ao conto de fadas sem abrir mão do acréscimo de alguns detalhes contemporâneos, como ter a primeira protagonista negra da história da Disney. Tiana é uma garota independente que não está atrás de casamento. Ela cresceu pobre em meio à ferveção de jazz na cidade de Nova Orleans. O sonho da garota é ter um restaurante e, para realizá-lo, trabalha duro.

O príncipe Naveen, por outro lado, é um bon vivant, apesar de falido. Quando uma mandinga o transforma em sapo, ele tem de achar uma princesa para beijar e voltar ao normal, mas acaba encontrando Tiana. Com personagens coadjuvantes encantadores, como o vaga-lume Ray, A Princesa e o Sapo é tão gostoso quanto A Pequena Sereia ou Aladim. (Livre) Marina Monzillo

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS