- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


DRAMA
A obsessão amorosa por Pedro Almodóvar
Penélope Cruz é o objeto de desejo de dois homens no comovente Abraços Partidos

DIVULGAÇÃO
A personagem da musa espanhola é a síntese da magia do cinema

ABRAÇOS PARTIDOS pode não ter a originalidade de Fale com Ela, nem a pulsante sensualidade de Carne Trêmula, mas um filme do espanhol Pedro Almodóvar nunca é menos que intrigante. O cineasta acaba de completar 60 anos, 30 deles dedicados ao cinema, e homenageia a sétima arte com uma história multifacetada, no estilo "filme dentro do filme". Na trama, o anúncio da morte de um famoso industrial e a visita de um jovem documentarista abalam a rotina de um roteirista cego chamado Harry Caine (Lluís Homar).

Há um mistério ligado a essa gente que envolve a estrela de cinema Lena (Penélope Cruz). A partir daí, a narrativa corre livre pelo tempo e revela que ninguém ali é o que parece. Almodóvar tem fascinação pelo dúbio e faz um instigante jogo de espelhos. Como a musa capaz de tirar os homens do sério, a personagem de Penélope é a síntese da magia do cinema. Ela se traveste de ícones como Marilyn Monroe e Audrey Hepburn.

A obsessão e a perversidade, tão presentes em Matador, também se fazem notar aqui e rendem a memorável cena da escada. Sempre ligado ao universo feminino, desta vez o cineasta inova ao privilegiar o protagonista. E ao final, quando Caine exibe a "versão do diretor" do filme estrelado por Lena, Almodóvar sutilmente brinda a própria genialidade. Nada mais justo.

(14 anos) Suzana Uchôa Itiberê

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS