- Anuncie
- Assine

 
 
 
Paulo Borges // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Rio... eu te amo!
Exposições, ações culturais e até fotografias de Oskar Metsavaht: confira com exclusividade detalhes inéditos da próxima edição do Fashion Rio!

No topo, um dos elementos visuais mais importantes desta edição do Fashion Rio são as pipas, inspiradas no Neoconcretismo. Acima, croquis da instalação interativa Rio Eu Te Amo

Nessa próxima edição do Fashion Rio - a 16ª edição do evento, e a segunda sob o comando da Luminosidade - teremos exposições, interações e conexões em torno de um único tema: "Rio, Olímpico e Maravilhoso".

A cidade que já inspirou tantos poetas, seduziu tantos amantes e já foi até capital da República, agora inspira, entre outros, meu amigo, o estilista Oskar Metsavaht, que vai mostrar o seu ponto de vista sobre Ipanema numa exposição inédita de seus retratos.

Os seis novos integrantes do calendário de desfiles (Andréa Marques; R. Groove; Nica Kessler; New Order; Patachou; Lucas Nascimento) também dividem o espaço do Píer Mauá com ações culturais encabeçadas por Mari Stockler, cenógrafa do evento, com quem eu conversei sobre as novidades desta próxima edição do Fashion Rio:

Paulo Borges: O que mudou da edição anterior para essa?
Mari Stockler:
O evento agora começa onde terminava. Parece um jogo de palavras, mas a sensação que tenho é que as duas edições deste ano são complementares. Muita construção está sendo feita antes da entrada da cenografia. E conviveremos durante o evento com a presença dos navios o que será muito interessante e cinematográfico!

PB: Qual o seu aspecto favorito deste projeto para janeiro?
MS:
A ideia de propormos o Rio de Janeiro apontando para o futuro. Amo muito esta cidade e agora o mundo todo sabe as possibilidades e negócios que podem ser feitos aqui. Agora não podemos ficar só falando do passado de como o Rio era lindo nos anos 50/60.

O Rio de Janeiro é um lugar "complexamente" maravilhoso e tem muita produção cultural. É um lugar de trabalho e de transcendência. E além de Ipanema, Copacabana, Leblon, tem a Vila Isabel, Madureira, Joá, Serrinha, lugares cujos nomes são incríveis como: Faz quem Quer, Itanhangá, Taquara, Gamboa. Estou fascinada pelos nomes... são lindos, indígenas, africanos, malandros, elegantes...

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS