- Anuncie
- Assine

 
 
 
Livros // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


A volta de Robert Langdon
O cientista investigador de O Código Da Vinci retorna em O Símbolo Perdido, novo livro de Dan Brown e que, em uma semana, vendeu mais de dois milhões de exemplares no Exterior

PAULA LERNER
Dan Brown ambienta sua história em Washington D.C

DEPOIS DOS MAIS DE 80 MILHÕES de cópias vendidas de O Código Da Vinci, de um filme inspirado naquele livro e um outro, em Anjos e Demônios, Dan Brown retorna às livrarias com O Símbolo Perdido (Sextante, 496 págs., R$ 39,90). Robert Langdon descobre ter sido vítima de uma armadilha após ser convidado pelo amigo Solomon para dar uma palestra em Washington.

Lá, percebe que o colega não apenas desapareceu como encontra a mão dele, cortada, reproduzindo um convite para a iniciação no conhecimento secreto. Langdon atende às exigências do sequestrador, que acredita existir um tesouro escondido na cidade e capaz de dar poderes sobre-humanos a quem os encontrar. O cientista tem, então, de decifrar símbolos maçônicos em diversos pontos de Washington. Na primeira semana, O Símbolo Perdido vendeu mais de dois milhões de exemplares apenas nos Estados Unidos, no Canadá e no Reino Unido. No Brasil, onde Brown vendeu 3,3 milhões de exemplares, o livro sai com 800 mil de tiragem inicial.

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS