- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Belas atrizes no tapete verde
Maria Fernanda Cândido e Malu Mader se encantam com a beleza de Manaus e causam furor no 6º Amazonas Film Festival

Aina Pinto, de Manaus (AM)

fotos Fabiano Cerchiari/Ag.IstoÉ
fotos Fabiano Cerchiari/Ag.IstoÉ

Logo depois de assistir a The Road, o filme da noite, ela seguiu para uma festa no Palácio Rio Negro promovida por um dos patrocinadores do festival. Lá, viu Milton Gonçalves dançar com a atriz Stefanie Powers (a Jennifer Hart do seriado Casal 20, dos anos 80) ao som de ritmos latinos tocados por uma orquestra. Milton havia sido homenageado naquela noite e feito um discurso marcante no palco do teatro. “Quero dividir essa homenagem com aqueles que não tiveram oportunidade de estar aqui, que tiveram uma vida digna, de trabalho, que se dedicaram ao bem, à democratização do País, e que ficaram na poeira das batalhas”, disse. “Quero dizer aos meus amigos que um homem no mundo lutou e ganhou o direito de dizer: ‘Yes, I can’”.

Malu Mader fez uma passagem relâmpago pela cidade para apresentar Contratempo, filme dirigido por ela e por Mini Kert e que foi exibido no Largo de São Sebastião, ao ar livre. “Este lugar é importante não só para o Brasil como para o mundo”, disse. “O filme não tem um tema ecológico, mas fala de esperança e vou gostar de assistir com o público”, disse, pouco antes de a sessão começar e feliz com a presença de Nathália Timberg na plateia.
Na noite de abertura do evento, Nathália havia recebido o prêmio – um banco em madeira machetada – em nome do diretor Carlos Manga, presidente de honra, que não pôde comparecer porque fraturou a bacia ao cair em casa. Manga falou por telefone com a atriz e o governador, Eduardo Braga, e se emocionou. “Fiz muito ator chorar, agora são vocês que fazem isso comigo”, disse.

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS