- Anuncie
- Assine

 
 
 
Moda // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Gucci
Cores neutras, recortes estratégicos e linhas geométricas definiram a coleção de Frida Giannini para a Primavera/ Verão 2010 da Gucci. Desta vez, a estilista italiana se inspirou na estética dos anos 90 e trouxe referências do universo sportswear para a Semana de Moda de Milão

Bianca Zaramella

A elegância sexy de Frida Giannini para a Primavera/ Verão 2010 da Gucci inspirada no universo do sportswear

Frida Giannini representa de forma impecável a nova elegância das italianas. À frente da Gucci a estilista arrancou aplausos fervorosos da plateia ao final da apresentação de sua coleção Primavera/ Verão 2010 em Milão. Desta vez nada de estampas ou cores fortes.

A nova mulher da grife italiana é minimalista ao extremo. Branco, preto e cinza definiram a planilha de cores da coleção que resgatou a geometria, típica do início dos anos 90 e marcou o trabalho de estilistas como Jil Sander e Calvin Klein. Na coleção de Frida a sensualidade vem das formas ajustadas e decotes profundos.

A inspiração veio essencialmente do universo do sportswear e do vestido preto básico, que faz parte do guardaroupa de toda mulher. Jaquetas, vestidos e calças surgem em tecidos tecnológicos repletos de placas de acrílico e detalhes como zíperes e faixas.

O toque de cor aparece nos vestidos com desenhos de efeito tridimensional em tons de azul, rosa e laranja. Para finalizar, uma série de longos em jérsei, com recortes estrategicamente pensados, definiu o visual sexy da estação. Na primeira fila Carine Rotfield, poderosa editora de Vogue França, aprovou o trabalho da estilista italiana que já é considerada uma das mais talentosas de sua geração.

MINIMALISMO SEXY

O toque de cores veio com as estampas de efeito tridimensional (1).
A versão moderna do vestido preto básico de Frida Giannini é feita com tecidos tecnológicos e modelagem ajustada (2).
Sandálias pesadas, maquiagem clean e cabelos presos, como no auge dos anos 90, ressurgiram na passarela da grife (3).
Leggings em lycra, jaquetas e as bolsas transpassadas vieram direto do universo sportswear (4).
Recortes estratégicos trouxeram a sensualidade para a coleção Primavera/ Verão 2010 (5).

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS