- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


COMÉDIA ROMÂNTICA
Loucuras por Jennifer Aniston
Em O Amor Pede Passagem, Steve Zahn faz de tudo para conquistar a mulher que não corresponde ao seu amor

Fotos DIVULGAÇÃO
Filme inova com um personagem masculino distante do padrão

DEPOIS DE JULIA ROBERTS, Meg Ryan e Sandra Bullock, é a vez de Jennifer Aniston colher os louros como a Namoradinha da América. Desde o fim de Friends, a ex-senhora Brad Pitt estrelou uma série de comédias românticas. Algumas de humor rasgado, como Todo Poderoso e Separados pelo Casamento.

Outras mais agridoces, como Ele Não Está Tão a Fim de Você e este O Amor Pede Passagem. Nenhuma delas é inesquecível, mas, desta vez, o enredo ao menos inova com um personagem masculino bem distante do padrão príncipe encantado. O baixote Steve Zahn vive o gerente do hotel de beira de estrada, que pertence aos seus pais. Jennifer é a executiva que se hospeda ali durante viagem de negócios.

As investidas dele são tão desajeitadas que, talvez por compaixão, ela acaba por ceder. O rapaz fica gamado o suficiente para atravessar o País atrás da moça, e a trama explora as transformações que o assédio dele e a rejeição dela provocam na vida de cada um. Jennifer dosa drama e comédia com sabedoria. Talento não lhe falta, mas, aos 40 anos, a bela tem de se arriscar em outros gêneros se pretende ter carreira longa em Hollywood.

(12 anos) Suzana Uchôa Itiberê

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS