- Anuncie
- Assine

 
 
 
Moda // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Moda em festa
Homenagem à guerreira prêmio moda Brasil 2009 une moda e música para homenagear Regina Guerreiro, a grande estrela da noite

Bianca Zaramella

Divulgação

Plateia Impecável, risos e homenagens mais do que merecidas. Na quarta-feira 28, o Prêmio Moda Brasil 2009 reuniu cerca de 500 convidados na Casa Fasano, em São Paulo, para celebrar os profissionais que fazem a moda brasileira. Mestre de cerimônias da noite, Débora Bloch conduziu a festa - que homenageou a jornalista Regina Guerreiro - com bom humor e elegância. "Ela é um ícone", elogiou. Débora abriu a noite com um vestido preto com franjas da grife D´Arouche e em seguida trocou por outro assinado por Reinaldo Lourenço. "É um dos meus estilistas preferidos", revelou.

Premiados

Reinaldo Lourenço levou o troféu de Melhor Desfile, ao lado de outros premiados como Costanza Pascolato (Melhor Jornalista de Moda), Giovanni Bianco (Melhor Diretor de Arte) e Juliana Jabour (Estilista Revelação). Durante a cerimônia, pocket shows com os cantores Luiz Melodia, Maria Gadú e Vanessa da Mata animaram os convidados do evento, idealizado pelo empresário José Mauricio Machline.
Grande homenageada da noite, Regina Guerreiro subiu ao palco atendendo ao chamado de Costanza Pascolato. Ela relembrou momentos importantes de sua carreira com a exibição de suas melhores capas de revista. O encontro de duas papisas da moda rendeu um papo dos mais divertidos da noite.

Costanza disse em seu discurso que no início de sua carreira, no final da década de 70, chegou a pedir emprego a Regina. E, para surpresa de todos, foi rejeitada. "Regina me disse que não iria trabalhar com ninguém vestida de Yves Saint Laurent. Imagina!" brincou Costanza, ao abraçar a amiga.
Vestida de preto dos pés à cabeça, a homenageada agradeceu o troféu com muita alegria e finalizou seu discurso com uma pensata das mais irreverentes, assim como ela. "A moda é uma droga poderosa. Depois de seis meses passa o barato e a gente tem que comprar roupa nova", resumiu.

<< Anterior | 1 | 2 | 3 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS