- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


O guarda-roupa de Coco Chanel
Com apenas algumas fotos e muita pesquisa de época, a equipe do filme criou as roupas e acessórios para a atriz Audrey Tautou encarnar a estilista antes da fama

Marina Monzillo

fotos Divulgação/Warnerbros
fotos Divulgação/Warnerbros

O que vestia na infância e na juventude a mulher que viria a definir todos os hábitos de vestimenta no século 20 e se tornar um ícone eterno da moda? Quais foram suas influências, como surgiram suas ideias? Responder a essas perguntas foi o desafio da figurinista Catherine Leterrier, responsável por criar cerca de 30 looks para a atriz Audrey Tautou viver Gabrielle "Coco" Chanel (1883 - 1971) no cinema.

O filme, dirigido por Anne Fontaine e intitulado Coco Antes de Chanel estreia na sexta-feira 30 e narra a trajetória da estilista francesa antes do sucesso. A cineasta, a figurinista e o desenhista de produção, Olivier Radot, tiveram de interpretar e adaptar a história de Chanel desde o orfanato onde foi deixada com a irmã, depois da morte da mãe, passando pelo cabaré, onde ambas se apresentavam, e sua introdução à alta sociedade da época. Segundo Radot, há pouca documentação sobre esses anos. "O que achei mais interessante foi rastrear a fonte para descobrir o que influenciou suas criações", declarou. Ele acredita que o austero uniforme que a menina Gabrielle usava no orfanato, com as saias pretas e camisas brancas, influenciou seu estilo.

Leterrier conta que tentou ser fiel à história e evitar caricaturas, além disso, trabalhou com as poucas fotografias que encontrou. "Na moda, todo estilista tem seu próprio código para linhas, cores e materiais. Reconhece-se o estilo de Chanel imediatamente. O que Karl Lagerfeld fez ao atualizar

Chanel, eu fiz ao contrário, voltando no tempo. Desenhei os primeiros modelos que ela poderia ter criado", disse ela, detentora de dois prêmios César, o Oscar francês, e parceira de diretores como Alain Resnais, Louis Malle, Robert Altman e Luc Besson. "Para as roupas de Audrey, usamos apenas tecidos naturais, mas bem variados. Do algodão ao tweed, passando pela renda e o tricô de jérsei", acrescentou.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS