- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


AVENTURA
Videogame no cinema
Pequenos Invasores é um pastiche de filmes dos anos 80 para adolescentes, com toques de jogos de controle remoto

A menina e o alienígena, no momento E.T. do filme

SE FOSSE EXIBIDO HÁ 20 ANOS, Pequenos Invasores poderia fazer sucesso, como fizeram, por exemplo, Os Goonies e Gremlins. Porque o longa não passa de uma mistura desses filmes em que crianças e adolescentes se unem numa aventura para o bem comum.

O adolescente nerd Tom (Carter Jenkins) vira líder do grupo formado pelas irmãs (entre elas, Bethany, vivida por Ashley Tisdale, de High School Musical) e os primos na batalha contra alienígenas que querem dominar a Terra (começando pela casa deles). O toque de modernidade se restringe a piadinhas com um telefone de disco e cenas de lutas em que personagens são movidos por controle remoto, lembrando jogos violentos de videogame.

Pequenos Invasores tem até o seu momento E.T. - O Extraterrestre, com uma garotinha que fica amiga do alienígena bom e atrapalhado. Mas não tem nada da carga emotiva do filme de Steven Spielberg.
(Classificação Indicativa: a conferir) Aina Pinto

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS