- Anuncie
- Assine

 
 
 
Gastronomia // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Broto do Gardênia
Restaurante paulistano que tem o cordeiro como carro-chefe ganha filial

Queijo coalho com emulsão de maçã verde (R$17,80) é uma opção de entrada do Gardênia

EM 2007, A CHEF MARINA MORAES assumiu a histórica Casa Europa, na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, em São Paulo. "Foi uma experiência interessante. Conhecia a casa desde pequena", conta ela. Este ano, percebeu que o ciclo de três décadas do restaurante tinha finalmente acabado e, ao lado de quatro sócios, reabriu o ponto como filial do Gardênia. A matriz de Pinheiros está sob o comando de Marina há quatro anos e é responsável por mudar a visão que se tinha da carne de cordeiro. "Começamos quando o cordeiro estava numa fase de transição.

Antes disso, serviam carneiro, que tem um sabor rançoso e forte, em vez do filhote. As pessoas tinham resistência", conta ela. No Gardênia Gabriel, a carne continua sendo carro-chefe em pratos como o lombo de cordeiro com risoto de cogumelos (R$ 42). O diferencial é que a filial fica aberta até mais tarde (2h da manhã) e tem mais opções de petiscos. "Em Pinheiros o público é mais familiar. Na Gabriel, as pessoas vêm para happy hour e jantam mais tarde", conta a chef.
Marina Monzillo

Gardênia - al. Gabriel Monteiro da Silva, 726, Jardim Paulistano, tel. (11) 3088-3044

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS