- Anuncie
- Assine

 
 
 
Livros // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


BIOGRAFIA
Amizade do tempo das missivas
A jornalista Paula Dip resgata sua correspondência com Caio Fernando Abreu e traça um retrato dos anos 80

QUANDO MORREU em decorrência da Aids, em 1996, o escritor gaúcho Caio Fernando Abreu deixou obras hoje cultuadas, como os contos de Morangos Mofados e o romance Onde Andará Dulce Veiga?, além de inúmeras cartas e mensagens de fax (não se usava e-mail). Paula Dip recebeu uma penca delas e fez um pacto com o amigo de escrever um a história do outro dependendo de quem ficasse mais famoso ou morresse primeiro. Ela cumpre a promessa com a biografia Para Sempre Teu, Caio F. (Record, 504 págs., R$ 58).

Muitas das cartas estão reproduzidas na íntegra ,e a jornalista ainda reúne depoimentos de afetos e desafetos de Caio F., como se denominava, inspirado em Christiane F.. A própria trajetória de Paula funde-se à do colega e o que se tem aqui não é só o retrato de uma figura enigmática, mas o painel de uma geração que viveu intensamente as décadas de 70 e 80. O texto corre com a fluidez de quem escreve sem amarras, de coração. Caio emerge autêntico, como homem depressivo, de língua ferina e farrista, mas acima de tudo amante da literatura. Suzana Uchôa Itiberê

Três dias que ecoam há 40 anos

Fotos DIVULGAÇÃO

Livros e edição de documentário em DVD revivem o lendário festival de Woodstock

ENTRE 15 E 17 DE AGOSTO DE 1969, cerca de 400 mil pessoas viveram com intensidade o lema "sexo, drogas e rock'n'roll" em uma fazenda situada em Bethel, em Nova York (EUA). O festival de Woodstock ecoa há 40 anos tanto pela música ouvida nos shows de alguns dos maiores artistas da época (entre eles, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Creedence Clearwater Revival e Santana) quanto pelas lendas que envolvem o evento.

Por isso, a data serve de pretexto para o lançamento de dois livros - Woodstock Quarenta Anos Depois (Agir, 318 págs., R$ 49,90) e Aconteceu em Woodstock (Best- Seller, 304 págs., R$ 34,90) - e para a edição em DVD do documentário Woodstock - Onde Tudo Começou. Com cenas inéditas, o filme ressurge numa caixa com quatro DVDs intitulada Woodstock - 3 Dias de Paz, Amor e Música.

Woodstock celebrou o movimento hippie, mas nem tudo foram flores naquele fim de semana, enlameado por causa da chuva. A produção do evento não teve infraestrutura para atender a multidão quatro vezes superior ao esperado. No livro Woodstock Quarenta Anos Depois, a saga é reconstituída através de depoimentos de todos que se envolveram no festival. Já em Aconteceu em Woodstock o idealizador do festival, Elliot Tiber, conta de forma romanceada toda a aventura que marcou os anos da contracultura. Mauro Ferreira

MURILLO CONSTANTINO/AG.ISTOÉ

 

Li e gostei Astrid Fontenelle

"Minha dica é Leite Derramado, de Chico Buarque. Tem um trecho sobre o ciúme que vale o livro" (Companhia das Letras, 200 págs., R$ 36)

Astrid Fontenelle é apresentadora do Happy Hour, do canal GNT

 

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS