- Anuncie
- Assine

 
 
 
Paulo Borges // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Mademoiselle Chanel
Em entrevista exclusiva a Paulo Borges, a atriz francesa Audrey Tautou afirma: "Sou a musa mais próxima de Coco Chanel, que a grife poderia ter contratado para a nova campanha do perfume CHANEL Nº5"

Foto scorcelletti / gamma © chanel 2009

"A Audrey Tautou é a materialização da essência da mulher francesa" - Jean-Pierre Jeunet

Diretor francês consagrado, Jean-Pierre Jeunet conheceu Audrey Tautou no começo dos anos 2000, quando ela foi escolhida para protagonizar o seu filme Amélie. A parceria foi tão mágica que, quando foi convidado pela Chanel para dirigir o novo comercial do Nº 5, Jeunet não hesitou: "Ela (Audrey) foi a primeira pessoa em quem pensei". Confira a entrevista exclusiva:

Por que a escolha de Audrey Tautou?
A ideia de trabalhar com Audrey foi imediata na minha cabeça. Ela foi a primeira pessoa em quem pensei. Era óbvio para mim que precisaríamos de uma atriz muito expressiva, capaz de transmitir fortes emoções em poucos segundos, alguém que pudesse atuar somente com o olhar. E Deus sabe que eu conheço os olhos dela. Eu sabia que ela seria absolutamente perfeita para esse trabalho, então a indiquei para a Chanel. Passamos por muitos testes de efeitos luminosos para o comercial. Como resultado, trabalhamos juntos mais uma vez e foi um prazer enorme. Eu, imediatamente, soube que o resultado seria perfeito. Não tive nenhuma dúvida.

Você se surpreendeu com o fato de ela ter sido a escolhida para viver Coco Chanel no filme biópico?
É uma coincidência muito divertida. Para mim, se alguém fosse interpretar Coco Chanel, teria que ser a Audrey: física e mentalmente. Eu li um pouco sobre o filme e devo admitir que eu também teria escolhido a Audrey para o papel.

Audrey disse: "Esse perfume, o Chanel Nº5, é muito francês". O que você tem a dizer sobre isso?
É exatamente verdade. Como as facas Opinel ou os carros da Citroën. Só que muito mais chic.

A Audrey é a quintessência da mulher francesa?
Poderia ser sim. Eu foco no aspecto francês neste comercial. Eu sempre gosto de destacar Paris nos meus filmes. Vou fazer isso novamente. Eu gosto disso.

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS