- Anuncie
- Assine

 
 
 
Entrevista // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Encontro
MIRO por Adriane Galisteu
Numa brincadeira com a apresentadora, um dos mais consagrados fotógrafos brasileiros posou para fotos e falou sobre sua carreira e família

Bianca Zaramella

Fotos: Murillo Constantino / AG. Istoé
Fotos: Murillo Constantino / AG. Istoé
No estúdio de Miro, Adriane Galisteu inverte os papéis e assume a câmera para clicar o fotógrafo
Fotos: Murillo Constantino / AG. Istoé

Ele representa uma das maiores influências na fotografia de moda e na publicidade brasileira. Azemiro de Sousa, conhecido como Miro, tornou-se fotógrafo na década de 70. Mal começou a conquistar o mercado brasileiro, logo mudou-se para Paris, onde trabalhou para as mais importantes revistas de moda europeias. "Na verdade não sei por que quis ser fotógrafo. Até hoje não descobri a razão. Tudo o que fiz e faço é por intuição", conta ele, em seu estúdio em São Paulo.Vestido com uma de suas camisas estampadas de xadrez, Miro tem gestos suaves e um tom de voz baixo que acalma e conquista. Talvez este seja um de seus segredos ao lado de uma luz impecável e um olhar delicado sobre o que fotografa. "Sempre procuro criar uma história. Tenho fotos minhas dos anos 80 que poderiam ser atuais. Não tem nada de modismo e nem nada que passe", conta ele, com uma xícara de café e cigarro na mão.

Em 35 anos de carreira, Miro foi um dos pioneiros em fotografia de moda no Brasil com trabalhos em campanhas para a Lycra, Rhodia e editoriais de moda para as revistas Cláudia, Marie Claire e Vogue. "Sempre fotografei pessoas que não tinham muita cara de modelo", relembra. Raul Cortez, Marília Pêra, a cantora Maysa, Clodovil e o ex-presidente Juscelino Kubitschek estão entre as personalidades que posaram para as lentes do artista, assim como as tops Gisele Bündchen e Fernanda Tavares."Gisele sempre foi moleca como é até hoje. Lembro de umas fotos que fizemos em Paraty, para a Marie Claire. Foi o terceiro editorial dela e a Gisele era uma criança." Consagrado no mercado publicitário, Miro ganha cada vez mais elogios de um outro tipo de público. Nove entre dez celebridades pedem seu nome para diversos tipos de trabalho, que topa sem tanta badalação e consegue resultados surpreendentes. "Não sei o que faço. Consigo tirar o que quero delas.

Na sexta-feira 17, o fotógrafo completou 60 anos e, para celebrar a data, a amiga Adriane Galisteu aceitou um convite de Gente para inverter os papéis e fotografá-lo. "Sempre fiz fotos muito dramáticas com o Miro. Agora chegou a minha vez de revelar um outro lado dele", disse a apresentadora, que ficou surpresa ao saber que Miro é de Bebedouro, mesma cidade paulista da família Galisteu. Ela chegou ao estúdio do fotógrafo com sua proposta em mente. "Tinha pensado em uma luz dramática, mas depois pensei em trazer esta rosa. Acho que é a única flor que retrata a delicadeza que o Miro tem", definiu Adriane, que se divertiu com o amigo durante a sessão de fotos. "É diferente ficar do outro lado, né?", disse Miro. Tímido e reservado, ele até revelou um sorriso, que só aparece quando está entre amigos. Adriane também entrevista o fotógrafo sobre sua carreira, vida pessoal e paixão pela fotografia.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS