- Anuncie
- Assine

 
 
 
Televisão // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


SÉRIE
Ficção moderninha
Descolados, da MTV, tem defeitos, mas fala a língua da juventude cool

Thiago Pinheiro faz o personagem Teco

A TEVÊ BRASILEIRA carece de boa ficção destinada ao público adolescente. A novelinha Malhação, mesmo sendo um sucesso há tantos anos, usa mais a linguagem padronizada da Rede Globo do que a dos jovens de hoje em dia. Por isso, Descolados, série produzida em parceria pela Mixer e pela MTV, chega envolta em uma nuvem de expectativa por algo criativo e moderno.

O programa, que estreia na terça-feira 14, às 23h30, faz jus ao nome. As locações no centro de São Paulo, o figurino urbano e a trilha sonora são bacanas e refletem a juventude cool. A direção é caprichada, e o roteiro tem até boas tiradas e diálogos, apesar de certa obviedade e falta de profundidade da trama.

No primeiro episódio apresentam-se as histórias de Lud (Renata Gaspar), Teco (Thiago Pinheiro) e Felipe (Marcelo Lourenço). A primeira, recém-formada, decidiu sair da casa dos pais, mas o amigo que dividiria o apartamento alugado deu para trás. O segundo acabou de ser deportado da Inglaterra e está perdido pela cidade.

O último foi expulso de casa pela namorada. Logo eles se encontram, e o esperado acontece: todos vão parar no imóvel vazio de Lud. Com a situação criada, os próximos episódios prometem momentos interessantes.
Marina Monzillo

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS