- Anuncie
- Assine

 
 
 
Música // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


O baú do Rei do Pop
Reedições e lançamentos póstumos vão manter vivo o culto a Michael Jackson

KEVIN MAZUR/WIRE IMAGE
Registro do último ensaio da turnê do artista, que estrearia em julho, pode virar CD e DVD

ENQUANTO O MUNDO se recupera do choque da morte repentina de Michael Jackson, a indústria fonográfica trabalha a todo vapor para alimentar o culto ao Rei do Pop com reedições de seu catálogo e lançamentos póstumos, alguns com material inédito. O último ensaio da turnê This Is It - que contabilizaria 50 shows feitos em Londres a partir de 13 de julho - foi gravado em alta definição no Staples Center, em Los Angeles (EUA), em 23 de junho, dois dias antes da morte do artista.

A empresa promotora da turnê não confirma, mas crescem os rumores de que o material vai ser editado em CD e DVD. Certo, por ora, está o lançamento, em 21 de julho, de Hello World: The Motown Solo Collection, box que reúne em três CDs todos os fonogramas dos quatro álbuns individuais - Got to Be There, Ben, Music and me e Forever, Michael - feitos pelo cantor entre 1971 e 1975 para a gravadora Motown.

A caixa sai no Brasil pela Universal. Correndo por fora, selos independentes vão pôr nas lojas, entre julho e agosto, o CD duplo One Night in Japan e o DVD Live in Japan com o registro da passagem da Bad World Tour pelo Japão no fim dos anos 80. Os discos da fase adulta do cantor já tinham sido reeditados pela Sony Music nos últimos anos em reedições remasterizadas e com faixas-bônus, mas ganham reposição em catálogo.

Dependendo do destino dos bens de Michael, há a possibilidade de vir à tona o material que o astro teria deixado parcialmente gravado para a edição de um futuro álbum de inéditas. São faixas compostas e/ou gravadas com rappers como Akon, will.i.am e Ne-Yo. Supostamente, haveria seis músicas finalizadas. Uma delas se chama "I'm Still the King". Alguém duvida de que Michael ainda é o rei?
Mauro Ferreira

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS