- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Festival
Cauã e Grazi em Cannes
No elenco do filme À Deriva, o ator comemora o aniversário durante o festival e brilha no tapete vermelho ao lado de Grazi Massafera

texto Macedo Rodrigues Colaborou Thiago Stivaletti, de Cannes

getty images
Com um longo de Samuel Cirnansck, Grazi Massafera acompanha o namorado, Cauã, na exibição do filme À Deriva

A estreia de Cauã Reymond em Cannes foi especial. Além da emoção por fazer parte do mais prestigiado festival internacional de cinema, na quarta-feira 20, ao desembarcar com Grazi Massafera no balneário francês. ele completava 29 anos. O aniversário foi comemorado com os colegas do filme À Deriva, entre eles Débora Bloch e o diretor Heitor Dhalia, durante um jantar no restaurante Fred L'Ecailler, especializado em frutos do mar, na praia Pointe de La Croisette. Para o "Parabéns a Você", o grupo pediu um bolo de mousse de chocolate e morango. No tempo livre, Cauã e Grazi aproveitaram para passear pela cidade e foram vistos tomando café e trocando carinhos. No sábado 23, fizeram compras na loja Dolce & Gabbana e, na saída, distribuíram autógrafos e posaram para um grupo de fãs que os reconheceu.

afp
A britânica Charlotte Gainsbourg, vencedora da Palma de Ouro pelo filme Antichrist

Na noite da quinta-feira 21, o Brasil, representado por Cauã, Débora e a estreante Laura Neiva, esteve no centro das atenções por conta da exibição de À Deriva, que não concorria na competição oficial e foi apresentado na mostra paralela Un Certain Regard (Um Certo Olhar). Antes da sessão do longa no glamouroso Palais des Festivals, os atores brasileiros passaram pelo tapete vermelho estendido no Boulevard Croisette. Orgulhosa do namorado, Grazi estava exuberante com um vestido longo em tom de pérola e transparente assinado por Samuel Cirnansck. Mas o melhor da noite estava reservado para o final da exibição, quando o filme brasileiro foi aclamado e aplaudido por mais de cinco minutos.

A atuação da jovem Laura, de 14 anos, que protagoniza o filme, foi elogiada no festival. Há quem a aponte como uma das maiores revelações desta edição da competição. "Laura foi uma grande descoberta e todos nós estamos muito felizes de ver esse filme nascer aqui, em Cannes. Sempre fui apaixonado por esse festival", declarou Dhalia, ainda emocionado, logo após a calorosa recepção de seu filme. O sucesso de À Deriva foi comemorado pela equipe com uma festa na boate Jimmy'z Club.

A 62ª edição do festival, encerrada no domingo 24, teve como vencedor o filme do austríaco Michael Haneke, The White Ribbon. A Palma de Ouro de melhor ator ficou com outro austríaco, Christoph Waltz, por sua atuação em Inglorious Bastards, de Quentin Tarantino. A britânica Charlotte Gainsbourg conquistou o prêmio de melhor atriz por Antichrist, de Lars Von Trier. Já o troféu de direção foi entregue ao filipino Brillante Mendoza, que competiu com Kinatay.

ap
Elenco de À Deriva, em Cannes: o francês Vincent Cassel, Laura Neiva, Heitor Dhalia, Débora Bloch e Cauã Reymond.

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS