- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Internacional
Astro em fuga
Após três anos sem atuar, Ben Affleck evita a fama, prefere papéis coadjuvantes que lhe dão orgulho e diz que está mais dedicado ao trabalho porque agora é um pai de família

TEXTO MARINA MONZILLO, DE LOS ANGELES

"Queria mudar o caminho que a minha vida estava seguindo. Andava meio maluco", diz o ator
Fotos: DIVULGAÇÃO

Em sua edição mais recente, a revista americana Esquire classificou Ben Affleck como um cara talentoso e inteligente preso a uma vida à la Britney Spears. De fato, esse californiano criado nos arredores da Universidade de Harvard, em Massachusetts, é o responsável por dois dos roteiros mais elogiados dos últimos anos: Gênio Indomável (1997), pelo qual recebeu o Oscar junto com o amigo Matt Damon, e Medo da Verdade (2007), que também dirigiu. Além disso, é uma daquelas figuras de prestígio em Hollywood cuja opinião sobre questões políticas e sociais é sempre requisitada.

Por outro lado, o astro é também uma personalidade maior que seu trabalho. O romance com Jennifer Lopez, entre 2002 e 2004, foi um prato cheio para os tabloides, que apelidaram o casal de Bennifer. Do pedido de casamento ao término do noivado, tudo foi exaustivamente noticiado e fotografado. Hoje, casado há quatro anos com a atriz Jennifer Garner, Affleck não pode buscar a filha Violet, de 3 anos, na escola sem ter flashes disparados em sua direção. Seu carro possui uma tela que isola o banco de trás, pois o casal cansou de levar fechadas no trânsito de paparazzi que tentavam registrar a imagem de sua filha mais nova, Seraphina, de 3 meses.

Apesar disso, é um Ben Affleck simpático e descontraído, usando calça cargo e um suéter gasto, que adentra a suíte do hotel Four Seasons, em Los Angeles, para a entrevista de divulgação de seu mais recente filme, Intrigas de Estado. Alguns fios brancos no cabelo e na barba já podem ser notados. Ele está com 37 anos. Também é impossível não perceber a perfeição de seus dentes. Sorrindo, Affleck logo engata uma conversa sobre um de seus assuntos preferidos: Barack Obama. "Ele é um homem elegante e charmoso. Está restaurando a fé do povo nos políticos e na política. Tenho orgulho de tê-lo como presidente", declara. No novo filme, o ator interpreta um congressista jovem e promissor que se envolve em um escândalo.

"Algo estranho acontece em nossa sociedade, que se tornou tão interessada com o que acontece com a pessoa quando as coisas saem erradas para ela", opina ele. A frase pode valer tanto para o personagem quanto para o próprio Affleck. Ele já fez algumas escolhas duvidosas na carreira, Contato de Risco (2003), por exemplo, foi eleito uns dos piores filmes da história.

Mas Affleck quer deixar para trás os erros do passado e a vida à la Britney. Tem aberto mão de papéis em blockbusters e procurado pequenas participações em produções independentes. E até aparecer este ano no romântico Ele Não Está Tão a Fim de Você, ficou três anos sem atuar. "Queria mudar o caminho que a minha vida estava seguindo. Andava meio maluco. Achei que seria inteligente dar um tempo, ficar longe de tudo. Psicológica e artisticamente foi bom para mim", conta ele, que diz ter criado uma barreira em relação a críticas e boatos. "Dirigir Medo da Verdade me trouxe de volta o prazer de fazer filmes. Não importa se estou usando um figurino e sim, se estou orgulhoso do que fiz." Mas outras questões também passam por sua cabeça: "Sou mais dedicado ao meu trabalho agora do que antes, porque eu tenho uma família. Me preocupo com eles. É isso, sou um cara como outro qualquer."

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS