- Anuncie
- Assine

 
 
 
Gastronomia // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Cozinha portuguesa
Tradição de Páscoa
Restaurantes especializados ou não preparam receitas de bacalhau para a Semana Santa

Marina Monzillo

Fotos: DIVULGAÇÃO
Bacalhau no forno à portuguesa (posta grelhada com cebola, alho, brócolis e ovos, R$ 77) do Bacalhoeiro

 

Bacalhau à Zé do Pipo do Spot

 

 

 

 

NA IDADE MÉDIA, os cristãos deviam obedecer aos vários dias de jejum excluindo as carnes da dieta. O bacalhau, então, virou opção para as refeições. O rigoroso calendário de abstinência foi aos poucos sendo desfeito, mas a tradição do prato se mantém forte nos países de língua portuguesa, principalmente na Páscoa.

Aberto há três meses, o restaurante Bacalhoeiro se aproxima de sua primeira Semana Santa. Aos domingos, o chef Francisco Everaldo da Silva tem preparado uma média de 200 pratos com mais de 70 quilos de peixe. Na Sexta-feira Santa e no Domingo de Páscoa, sua previsão é servir 100 pessoas a mais por dia. Ele ressalta que o bom bacalhau resulta do ato de dessalgar o peixe. "Durante oito dias, trocamos a água com gelo, dia e noite", explica ele.

Além das opções que regularmente fazem parte do cardápio, como o espiritual (desfiado, com creme de leite, cenoura ralada e gratinado com parmesão, R$ 47), o cozinheiro desenvolverá para a data uma receita à moda antiga (ao forno, com batata, cebola e brócolis regados de azeite, R$ 91).

Batatas, cebola, alho e brócolis também são complementos do bacalhau de Páscoa (R$ 127) do A Bela Sintra. Já o Trindade terá o bacalhau à marrares (creme de leite, mel, cebola, alho, mostarda e vinho Moscatel servido com batatas portuguesas, R$ 59).

Casas que normalmente não se apoiam na cozinha portuguesa também incluem o prato no menu do feriado. Caso do Spot, que servirá o bacalhau à Zé do Pipo (lascas refogadas com cebola, azeitonas pretas e azeite, envoltas com purê de batatas e gratinadas no forno, R$ 44,80).

BACALHOEIRO - r. Azevedo Soares, 1.580, tel. (11) 2293-1010
A BELA SINTRA - r. Bela Cintra, 2.325, tel. (11) 3891-0740
TRINDADE - r. Amauri, 328, tel. (11) 3079-4819
SPOT - al. Min. Rocha Azevedo, 72, tel. (11) 3289-1247

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS