- Anuncie
- Assine

 
 
 
Paulo Borges // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


JE T'AIME PARIS PARTE 2
Chanel
Não existe a palavra recessão na Maison Chanel, isso não nos consome. Mas temos que fazer roupas para cada era, cada tempo, cada ideia e situação. Eu olho para tudo, mas não consigo exergar os detalhes que são feios." Karl Lagerfeld

No centro, ao fundo, Mila Jojovitch observa o desfile

Mantendo a tradição de desfilar sempre às 10h30, no belíssimo Grand Palais, em Paris, o estilista Karl Lagerfeld apresentou uma coleção basicamente toda preta para a Chanel. Sua inspiração veio de Beau Brummel, um inglês que viveu no século 19 e que foi a primeira pessoa a apostar no look total black com punhos e golas brancas. Para o inverno 2009/2010, Lagerfeld transformou o conceito de Brummel em vestidos pretos com toques de branco nos punhos e golas clássicas.

Na primeira fila estavam as cantoras pop Lily Allen e Beth Ditto, além das atrizes Mila Jovovich e Freida Pinto, que atuou no filme ganhador do Oscar Quem Quer Ser Um Milionário. Mas quem realmente causou o maior tumulto da Semana de Moda de Paris foi a supermodelo Kate Moss, que há muito tempo não aparecia num desfile. Bem humorada e sorridente, passou o tempo inteiro comentando as roupas com o seu atual namorado, Jamie Hince, e com o fotógrafo Mario Testino.

Karl Lagerfeld

 

 

 

 

 

 

 

A atriz Frieda Pinto
Kate Moss, no canto, à direita

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS