- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Jogo entre Ladrões
Morgan Freeman e Antonio Banderas são criminosos em primeiro trabalho juntos

Policial

Se existem classes no mundo do crime, certamente Keith Ripley está no topo da pirâmide. Ele segue à risca uma conduta sem brecha para erros e realiza roubos milionários em que seus comparsas sempre saem ilesos. Este é o personagem central de Jogo entre Ladrões (2009), primeiro grande trabalho da diretora Mimi Leder desde A Corrente do Bem, Impacto Profundo e O Pacificador. Interpretado por Morgan Freeman, o criminoso anda agora sem o parceiro, que não seguiu a linha e acabou morto. Ele segue carreira solo até cruzar com Gabriel (Antonio Banderas), um ladrão capaz de arruinar seus planos de roubar um envelope cheio de diamantes em um metrô. Concorrência à parte, eis um aliado digno de compactuar com seu próximo golpe: surrupiar tesouros inestimáveis escoados da ex-URSS. Porém, o crime acaba tendo objetivos duplos para Gabriel, que se apaixona por Alex Kochenko (Radha Mitchell), afilhada de Ripley. O roteiro cheio de gás é assinado por Ted Humphrey, da série de tevê Shark, e logo de cara é um prato cheio para os admiradores de Freeman e Banderas, que pela primeira vez atuam juntos em um filme. (14 anos).

Fotos: DIVULGAÇÃO

Roteiro cheio de gás é assinado por autor da série Shark

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS