- Anuncie
- Assine

 
 
 
Celebridade // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Kate Winslet
DIVULGAÇÃO
QUEEN INTERNATIONAL

Comentando o trabalho de estreia de Kate Winslet no cinema, em Almas Gêmeas, de 1994, um crítico escreveu que ela nunca seria uma grande estrela porque ficaria associada à personagem, uma adolescente que vive um romance com a amiga. A suspeita do jornalista não se confirmou e Kate se tornou estrela em Titanic (1996), maior blockbuster da história, com bilheteria mundial de mais de US$ 1,8 bilhão. Mas ela não gosta de ser chamada de estrela. Diz que é apenas uma garota inglesa que procura bons papéis. Para mostrar que não estava interessada em ter a imagem de mocinha, recusou o papel em Shakespeare Apaixonado, de 1998, para fazer O Expresso de Marrakesh, em que interpretou uma mãe hippie que parte com as filhas para a África. Essa procura por personagens diferentes a levou até O Leitor, em que vive uma mulher com um passado ligado ao nazismo e que se envolve com um adolescente. Lançado no ano passado nos Estados Unidos, o filme lhe rendeu o primeiro Oscar, depois de seis indicações - a primeira delas por Razão e Sensibilidade (1995). De Titanic, restou a amizade com Leonardo DiCaprio, com quem voltou a fazer par romântico no recente Foi Apenas um Sonho. Os filhos dela - Mia, de nove anos, de seu casamento com Jim Threapleton, e Joe, de seis, com Sam Mendes, seu atual marido - chamam o ator de "tio Leo".

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS