- Anuncie
- Assine

 
 
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Um sedutor em alto-mar
Roberto Carlos inicia as comemorações dos 50 anos de carreira em cruzeiro para 3.500 pessoas, joga charme para a plateia feminina e diz que não está namorando

TEXTO ANA CAROLINA SOARES E THAÍS BOTELHO

FOTOS ANA CECILIA ACIOLI/AG. ISTOÉ
No sábado 7, vestido de capitão, o Rei joga rosas para as fãs a bordo

"Vamos dividir a mesma casa. Vamos dividir o mesmo teto. Pelo menos, até a quarta-feira", disse Roberto Carlos, num sorriso maroto. Sua voz soa quente como uma cantada ao pé do ouvido. Mas suas palavras foram ditas em cima de um palco, num microfone, e endereçadas não apenas a uma mulher, mas a cada uma das aproximadamente 1.300 pessoas que lotavam o Teatro Urbino no sábado 7. Era o primeiro show dos quatro dias do cruzeiro Emoções em Alto-Mar, que percorreu o litoral do Rio e São Paulo. Ao ouvir as palavras de Roberto, as mulheres suspiravam, choravam e gritavam juras de amor, até mesmo quando acompanhadas por seus maridos. Eles, sem qualquer traço de ciúme, mostravam uma admiração mais discreta, mas também estavam emocionados em dividir o teto com o Rei.

A cantada coletiva demonstra o quanto Roberto Carlos Braga continua em forma. Em abril, ele completará 68 anos de vida e 50 de carreira. Em sua biografia, Roberto considera ter começado sua trajetória em 1959, quando tinha 17 anos, por ter sido a data em que ganhou seu primeiro salário como cantor, era crooner da boate carioca Plaza, em Copacabana. Lá ele cantava das 22h às 4h sucessos como "Rosa Morena" e muitos dos LPs de João Gilberto. Roberto também gostava de interpretar "My Funny Valentine" e hits de Chet Baker.

FOTOS ANA CECILIA ACIOLI/AG. ISTOÉ

Durante a música "Champagne", um brinde com a bebida borbulhante

''Eu vivo de acordo com a época, com os dias de hoje. E faço o que é bom.Todo o mundo tem direito de ser feliz''

ROBERTO CARLOS SOBRE "FICAR" COM UMA MULHER SEM ASSUMIR COMPROMISSO

Sob o mesmo teto
O teto de Roberto Carlos é bem generoso: tem 15 andares, 272,2 metros de comprimento e 35,5 de largura. Com piscinas, bares, um teatro, um cassino, danceteria, spa, sala de ginástica, 11 salões, um freeshop, lojas e restaurantes, o navio Costa Magica, onde acontece o cruzeiro do cantor, parece um shopping center luxuoso de Las Vegas. Nesse paraíso em alto-mar, o Rei se hospedou na suíte 9206, no piso Giotto. Era uma cabine luxuosa - com 42 metros quadrados, varanda privativa, sala, closet - mas totalmente integrada às demais do navio. Como no total eram cerca de 3.500 passageiros - todos muito fãs do cantor - foi necessário manter o número da cabine em segredo. Em suas refeições, Roberto usufruiu de um serviço especial de mordomo. Sua dieta foi elaborada à base de peixes, já que ele não come carne vermelha. No sábado 7, saboreou um badejo grelhado e fez questão de elogiar a comida, agradecendo a quem lhe preparou a refeição. No domingo 8, Roberto degustou no café da manhã quatro ovos cozidos que foram comprados especialmente para ele, em Santos. No jantar, por volta das 23h30, pediu salmão grelhado, arroz e purê de batatas. Nos dois primeiros dias, Roberto também tomou sorvete, sua sobremesa favorita. Durante os dias em alto-mar, apenas uma exigência: alimentos sem sal.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS