- Anuncie
- Assine

 
 
 
Celebridade // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Tony Ramos
AG.ISTOÉ

Em sua 40ª novela, Caminho das Índias, como Opash, Tony Ramos começou na televisão em 1964, em uma espécie de programa de calouros, o Novos em Foco, na Tupi. Com 15 anos, conseguiu autorização da mãe, fez a prova ao vivo e passou.

O sucesso nas novelas chegou rápido. Ainda na extinta emissora, fez Antônio Maria (1968) e Nino, o Italianinho (1969), até ir para a Globo, nos anos 70. A segunda novela na emissora foi O Astro (1977), que teve 80% de audiência com o "quem matou Salomão Hayala?". Foi nesse trabalho que Tony fez o primeiro nu masculino da tevê, quando seu personagem, Márcio Hayala, faz votos de pobreza, tira a roupa e sai para a rua. Uma cena protagonizada duplamente por ele, o encontro dos gêmeos João Victor e Quinzinho em Baila Comigo (1981, época da foto do alto), é lembrada ainda hoje como uma das mais memoráveis da história da tevê. Outros personagens marcantes foram a travesti Geni na peça Ópera do Malandro (1989), o Riobaldo da minissérie Grande Sertão: Veredas (1985), o Zé Clementino de Torre de Babel (1998).

E é no cinema que atualmente faz sucesso. Se Eu Fosse Você 2, líder de bilheteria que, até o último dia 20, já tinha alcançado mais de três milhões de espectadores.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS