- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Noite
Madonna e a última noite com Jesus
Em festa fechada, cantora passa sua última noite no Brasil com o modelo brasileiro Jesus Luz, de 21 anos

TEXTO SIMONE BLANES E THAÍS BOTELHO

Com uma noitada cheia de beijos ardentes, Madonna passou seu último dia no Brasil. Ela saiu do hotel Grand Hyatt e caiu na balada em São Paulo para comemorar o encerramento da turnê mundial Sticky & Sweet no estádio do Morumbi, no domingo 21. Por volta das 2h30 da madrugada da segunda-feira 22, ela chegou sozinha à festa privè no Bar Secreto, em Pinheiros, organizada pelo diretor de arte Giovanni Bianco e pela top model Michelle Alves, esposa de Guy Oseary, empresário da rainha do pop. Em seguida, num carro separado, chegou o modelo Jesus Luz, de 21 anos, que ela conheceu (e se encantou) no Rio de Janeiro durante a sessão de fotos para a revista americana W.
No local, à espera da diva, havia cerca de 170 pessoas, 100 da equipe da cantora - entre coreógrafos, bailarinos, profissionais de som e palco - e outros 70 convidados brasileiros. Entre eles, o ex-nadador Fernando Scherer, a atriz Mariana Ximenes e o marido Pedro Buarque de Holanda, os estilistas Reinaldo e Pedro Lourenço, além das tops Ana Claudia Michels e Luciana Curtis, que estavam acompanhadas respectivamente pelos namorados Tato Malzoni e Henrique Gendre. Era uma festa tão exclusiva que todos os convidados tinham de deixar na entrada seus celulares e máquinas fotográficas. Fumar também foi proibido, a pedido dela.
Em sua balada brasileira, Madonna passou boa parte do tempo em um sofá num canto reservado e cercado de seguranças. A diva só tinha olhos para o modelo, a quem chamava de "my Jesus" ("meu Jesus"). Eles trocaram beijos e permaneceram por um longo período de mãos dadas. No grupo estava também o fotógrafo Steven Klein e a socialite inglesa Daphne Guinness, que são amigos da cantora.
Em determinado momento, ela foi à pista de dança, comandada pelo Dj Paul Oakenfold, que abre seu espetáculo. Madonna fez várias coreografias sensuais e beijou todos os seus 22 bailarinos na boca. Bem à vontade, ela bebeu margueritas e comeu minipães-de-queijo. Foram servidos também champanhe, caipirinha e para comer, minicenouras.
Depois de Oakenfold, o trio de DJs WWW (composto por Rosana Rodini, Carol Nogueira e Marina Sasseron) assumiu as pick ups. Nesse momento o clima entre Madonna e Jesus teria esquentado ainda mais. Eles voltaram ao sofá e trocaram beijos e carinhos bem sensuais. O clima de romance durou até às 5h30 da manhã quando a cantora deixou o local em um Audi preto que seguiu para o hotel. Jesus seguiu a cantora em outro automóvel da mesma marca, de onde não saiu até a manhã de segunda-feira 22.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS