- Anuncie
- Assine

 
 
 
Evento // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







A moda brasileira de Naomi Campbell
Em sua quinta passagem pelo Brasil neste ano, a top inglesa desembarca em São Paulo para o lançamento da loja 284, que comercializará sua linha de roupas

TEXTO THAÍS BOTELHO
FOTOS WALDEMIR FILETTI/ AG. ISTOÉ


A convidada mais esperada da noite desceu as escadas para a festa sem fazer muito alarde. Com um vestido longo preto de malha, bolsa de franjas cor-de-caramelo e cabelos levemente ondulados, a top model Naomi Campbell chegou à inauguração da loja 284 na Daslu, em São Paulo, na terça-feira 25, por volta das 19h.

Ela é a garota-propaganda da Naomi 284 - sua linha comercializada na loja - e veio ao Brasil especialmente para o evento. "Não sou designer, mas até cheguei a desenhar algumas peças. Tive como base meu próprio guarda-roupa, em que ainda encontro modelos que eu usava aos 16 anos. Foi muito divertido e alegre trabalhar com amigos", disse.

As sócias Heleninha, Luciana e Marcella. Ao lado, Naomi e Donatta Meirelles

A top inglesa entrou no negócio brasileiro pelas mãos dos três filhos da amiga Eliana Tranchesi, proprietária da Daslu: Bernardino, de 23 anos, Luciana, de 19 e Marcella, de 16 anos. Para completar o time de sócios, Heleninha Bordon, de 22 anos, filha de Donata Meirelles, diretora da Daslu. "Lembro de uma ocasião, há cerca de dez anos, em que eu e a Eliana estávamos montando nossa arara de roupas num evento da Dolce&Gabanna quando vimos a Heleninha e a Luciana, crianças, nos imitar. Foi lindo! Estamos babonas por ter dado certo", disse Donata, orgulhosa.

Durante um bom tempo na festa, Naomi conversou com as sócias. A top até brincou com Luciana. Ela chamou a amiga de canto e cochichou: "Que gato, hein?", sobre o empresário Guilherme Mussi, com quem Luciana está casada há um mês. A moça corou com o comentário, mas Naomi continuou com sua espontaneidade. "Tem carinha de tímido", divertiu-se. Mas na hora de falar sobre o seu namorado, o empresário russo Vladimir Doronin, a top desconversou. Fingia que não entendia as perguntas dos jornalistas e apenas sorria. Ele não pôde acompanhá-la na visita por conta de compromissos profissionais. Segundo amigos, tudo vai tão bem que Naomi até planeja engravidar em breve.

As compras da top
Naomi conversou em inglês. Suas únicas palavras em português eram gritadas aos risos: "Vivi, espera, espera!" Ao ouvi-las, a colunista Vivi Mascaro, sua cicerone na festa, ia ao encontro da amiga, às gargalhadas. Naomi passou um bom tempo na frente das araras, observando a coleção da loja. Ela levou roupas de banho, minissaias jeans, bermudas de moletom, saias com estampa militar, camisas sociais... "Adoro usá-las por cima do biquíni. A branca é chique, mas acho que também vou levar a azul. Olha que linda!", disse, empolgada. E ela continuou enchendo suas sacolas. Levou duas sandálias rasteiras -- uma cor-de-rosa e outra preta -, blusas rendadas e um bolero transparente. Mas a peça que ela mais festejou foi uma camiseta branca. Nela, lia-se: "Obama rocks". "Eu o adoro", disse Naomi sobre o presidente eleito dos Estados Unidos.

Depois de circular por toda a loja - que foi projetada pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum -, Naomi quis se divertir e confraternizar com os cerca de 70 convidados. Tomou sucos de melancia e caipirinhas de kiwi, dois de seus drinques favoritos. Entre uma conversa e outra, a top reiterou seu amor pelo Brasil e disse que quer conhecer Florianópolis. Ela não vê a hora de conseguir tempo na agenda para matar a saudade de Natal e da Bahia, especialmente da praia de Trancoso, onde esteve no início do ano ao lado do namorado. "Quero voltar depois, com calma", disse a modelo que passou 24 horas em São Paulo. Naomi saiu da Daslu por volta das 22h e foi direto para o aeroporto de Guarulhos, onde embarcou para Miami. Mas sua ausência será breve. Em março, ela deve voltar ao País para o lançamento de duas novas fragrâncias de perfume com sua marca. E também para rever os amigos e, claro, badalar.

Acima, Marcella Tranchesi recebe um abraço da mãe, Eliana. Ao lado, alguns convidados: o empresário Michel Saad, Sophia Alckmin fala no celular e a empresária Constanza Pascolato, que aprovou toda a coleção

Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS